Fonte:  Comunidade News 

Bilhetes eram prometidos por Rodrigo Fragozo, que se identificava como comissário de bordo da TAM.

O barato saiu caro para alguns brasileiros a quem foi oferecido um desconto em passagens aéreas para o Brasil. Eles foram lesados por um brasileiro de nome Rodrigo Fragozo, que se identificou como comissário de bordo da TAM. A companhia ainda não sabia do caso e demonstrou interesse em investigar os golpes.

Nem todas as pessoas que adquiriram passagens com Rodrigo saíram perdendo, como um brasileiro residente em Port Chester (NY), e que preferiu o anonimato. Ele conheceu Rodrigo há mais de um ano no Brasil e viu o rapaz usando o uniforme da TAM.

O bilhete do brasileiro era da American Airlines, por isso ele questionou Rodrigo. O suposto funcionário da TAM disse que a companhia atendia conveniados.

Por não ter sido lesado, o brasileiro se sentiu à vontade para indicar Rodrigo a outras pessoas. Uma amiga dele viajou pela American Airlines e pela TAM com bilhetes comprados de Rodrigo, e outra viajou à Itália com uma passagem da Alitalia. Ainda conforme o brasileiro, várias outras pessoas teriam viajado pela TAM, mas nunca viram Rodrigo a bordo.

A notícia das passagens com desconto se espalhou, e Rodrigo foi recomendado a Rosana Petrucelli, moradora de New Rochelle, por uma amiga, a qual havia comprado bilhetes com ele no início do ano passado. Segundo Rosana, as primeiras passagens vendidas por Rodrigo “deram certo”, mas ela foi lesada em $2,400 e nunca viu sequer o número dos bilhetes.

Fatos Estranhos

A negociação entre Rosana e Rodrigo ocorreu através de telefone e e-mail. Em um dos contatos, o rapaz solicitou depósito na conta dele, no Banco Santander. Depois, alegando problemas na conta pessoal, pediu o depósito fosse feito em nome do amigo Luciano Rezende Paixão Sá, numa conta na Caixa Federal.

As desconfianças de Rosana começaram quando Rodrigo mudava de assunto com ela e outras pessoas, a respeito dos bilhetes. A irmã dela, que mora no Brasil, decidiu contatar um investigador. O suposto comissário de bordo já teria passagem pela polícia por estelionato, roubo de cheques e Segundo Rosana, a ousadia de Rodrigo chegou ao ponto dele colocar mensagens na internet, dizendo que a mãe estava com câncer, e que precisava de dinheiro para o tratamento.

Rodrigo não foi mais encontrado no último endereço fornecido por ele, próximo à Avenida Paulista, São Paulo (capital). Segundo ela, ele é natural de Aracaju, Sergipe, e estaria mudando para outros estados, a fim de aplicar golpes diferentes. Ela estima que o golpe das passagens, somente nos Estadis Unidos, tenha rendido a ele a bagatela de $50,000.

Em agosto de 2008, Luciana Oliveira, moradora de Rye (NY), conseguiu embarcar pela American Airlines, com um bilhete adquirido de Rodrigo. O dinheiro foi depositado na conta dele.

Apuração dos Fatos

No mês seguinte, Luciana comprou duas passagens ao preço aproximado de $1,300, que embarque em dezembro, mas que se os bilhetes não fossem usados nesta época, poderiam ser trocados em um ano, pagando $60 de multa. No segundo caso, Luciana nunca viu os bilhetes. Ela contou que uma mulher de Mount Vernon comprou quatro passagens com ele e foi lesada.

Dois tickets que “deram certo” foram enviados por Rosana ao Comunidade News. Em um deles, o mail enviado a Rodrigo, confirmando o bilhete, teria aparentemente saído de uma agência de turismo. No outro, a confirmação foi do setor de reservas da TAM. Ambos e-mails possuem o logotipo da companhia aérea.

O morador de Port Chester que conheceu Rodrigo pessoalmente enviou um e-mail a ele, onde traduzia toda a decepção com as atitudes do rapaz. Rodrigo se desculpou e alegou que teve um problema na vida.

“…Não fiz nada premeditado nem programado…até mesmo porque se eu quisesse dar um golpe precisaria ter feito tantos outros embarques com ‘SUCESSO’ anteriormente…”, disse ele. No final mail, Rodrigo enfatizou que fará a parte dele, “pois só eu sei o que eu não durmo por conta disso”. O rapaz disse ainda que pretende ressarcir a todos.

O Comunidade News não conseguiu falar com Rodrigo por telefone. A Gerente de Comunica Corporativa – Relações com a Imprensa da TAM, Carla Dieguez, informou à redação, via e companhia vai apurar os fatos, com base nas informações encaminhadas a ela.

Reproduzido com permissão do Comunidade News.  Leia outros artigos do Comunidade News.

Deixe um comentário

4 Comentários em "Brasileiros são Enganados por Falso Funcionário da Companhia Aérea TAM"

avatar
diana
Visitante

quem tem o contato dele??? pode publicar, por favor?

Ed Santos
Visitante

com segundo informações do rodrigo atualmente ele reside em aracaju na casa da familia, nao posso publicar o endereço por naosa ber se essa mensagem sera lida por alguem

junior
Visitante

eae, acharam ele??

laércio junior
Visitante

existe no orkut uma comunidade dedicada ‘as pessoas lesadas por este rodrigo, que tambem se apresenta como RODRIGO BRAGANÇA. quem se interessar, pesquise pela comunidade “RODRIGO BRAGANÇA O ELZA CARD”, link http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=32027924

wpDiscuz