Para os brasileiros que residem nos Estados Unidos, o retorno ao Brasil é sempre um evento emocionante.  É uma oportunidade de rever familiares e amigos, voltar às nossa origens, e recapturar lembranças que pareciam estar perdidas.  Seja permanente ou temporário, o retorno ao Brasil requer um período de readaptação que pode durar pouco ou muito tempo, dependendo de vários fatores, tais como o tempo fora do Brasil e a caracterização do retorno como temporário ou permanente.

Obviamente o retorno permanente é mais dramático, pois representa uma mundança significativa na vida da pessoa.  Esse processo requer um planejamento longo e detalhado, que vai desde o processo de mundança, até o retorno ao campo de trabalho.  Devido ao seu caráter permanente, este tipo de retorno tende a causar dúvidas e uma certa ansiedade, e muitas vezes se acompanha da inevitável e persistente pergunta que é mais presente no começo dessa transição: Será que eu tomei a decisão certa?

Para quem volta ao Brasil a passeio, ou com a certeza de que retornará aos Estados Unidos, esse processo é bem mais tranquilo.  Mas mesmo quem retorna por pouco tempo geralmente passa por um processo de readaptação que normalmente dura de um a vários dias.  Tudo parece tão familiar mas ao mesmo tempo distante.  Por muito tempo você se sentiu como um peixe fora d’água, mas estranhamente quando você volta para dentro d’água você começa a se dar conta de que você já não é mais o mesmo peixe.

Ao retonar ao lugar de origem, a gente nota que algumas coisas mudaram, mas muitas coisas continuram as mesmas.  Não parece que tanto tempo de passou.  A tecnologia avança e algumas partes da infraestrutura melhoram.  Mas o básico continua o mesmo. Às vezes a gente se pergunta: “ Oque aconteceu durante topo esse tempo?”

Hoje em dia, com acesso à internet e à TV Globo Internacional, ficou muito mais fácil ficar conectado ao Brasil e as coisas parecem mais familiares, com poucas mudanças.  Mas a alguns anos atrás não era assim. Ficar longe do Brasil era muito mais difícil.  A gente perdia completamente a noção dos acontecimentos, desde novos artistas na televisão, aos nomes dos jogadores famosos, até à situação política e econômica do país.

Voltar ao Brasil nos traz alegria quando revivemos tudo de bom que existe em nosso país.  Nossa cultura, nossa comida, nosso jeito de ser.  Mas também traz frustrações quando vimos coisas que sabemos, de experiência própria, que não precisavam ser assim. O trânsito louco, o disrespeito aos direitos de cidadania, a falta de cuidado com os patrimônios públicos, enfim, tudo aquilo que nos incomoda e que nos faz perguntar: “Por que é assim?”

O Brasil sempre será a nossa casa.  O lugar onde nascemos, crescemos e aprendemos a viver.  É onde nos encontramos mais à vontade, pois todos são como nós.  Não temos um sotaque difícil de se entender.  Não temos um passado incomum.  Muito pelo contrário, compartilhamos uma história, uma cultura, uma língua, que define quem somos.  São raízes que se formaram bem cedo, e que permancem conosco durante toda a vida.

Deixe um comentário

1 Comentário em "O Retorno ao Brasil"

avatar
ROQUE COUTINHO
Visitante

Quando retornar ao brasil e precisar de um despachante aduaneiro
para desembaraçar sua bagagem para salvador.
Tel:55 71 3326-9393

wpDiscuz