Fonte:  Comunidade News

Os filmes, dirigidos por Andrucha Waddington, trazem grandes nomes da nossa música.

A edição 2010 do evento “Cinema Tropical’s Music + Film Series: Janeiro in New York”, promovido pelo Cinema Tropical, traz três documentários brasileiros. Sob a direção de Andrucha Waddington, os filmes são exibidos no 92Ytribeca.

No dia 23 último aconteceu a projeção de “Outros (Doces) Bárbaros”. “Viva São João” e “Maria Bethânia – Pedrinha de Aruanda” serão mostrados nos dias 21 de julho e 25 de agosto, respectivamente.
Em entrevista ao Comunidade News, o diretor brasileiro disse que não importa o lugar onde os filmes dele são mostrados. “É sempre bom você ter um público para assistir a tua obra. A representação dentro da minha filmografia está nos documentários propriamente ditos, e não onde eles passam”, afirmou.

Andrucha contou que “Viva São João” nasceu a partir da filmagem de “Eu, Tu, Eles”, produção que tem trilha sonora de Gilberto Gil. De acordo com o diretor, a ligação do cantor com o universo das festas de São João deu origem ao documentário. “O Gil foi um guia, um mestre de cerimônias. Foi entrando com a gente lá dentro do Nordeste, nas principais festas de São João, de Campina Grande, Areia Branca”.

O fio condutor do filme, ainda segundo Andrucha, foi o Rei do Baião, o saudoso Luiz Gonzaga. “É um grande compositor nordestino, acho que trouxe, popularizou a cultura nordestina de norte a sul do país, musicalmente”. Na opinião do cineasta, Gonzagão e Jackson do Pandeiro são os dois grandes compositores e intérpretes deste tipo de música. Em nove dias e sem muito roteiro, Andrucha foi captando tudo o que via pela frente.

“Outros (Doces) Bárbaros” nasceu do reencontro entre Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gal Costa e Gilberto Gil, ocorrido 25 anos depois de um show que se tornaria um disco. “O que achei interessante, nesse reencontro, é de uma maneira absolutamente sutil, estar dentro dos ensaios e registrando o dia a dia destes quatro artistas, revivendo um projeto que eles criaram 25 anos antes”.

Mercado Cinematográfico Fechado

O diretor justificou o título do filme. “As pessoas se modificam. Como eles não foram uma banda que ficou junta este tempo todo, na verdade o convívio ali revela muito o que cada um virou”. As filmagens do estúdio intercalam com o show em Copacabana, que reuniu mais de 200 mil pessoas.

Diretor de cinema e publicidade, Andrucha Waddington é um dos sócios da Conspiração Filmes, junto com o cunhado Cláudio Torres. Casado com Fernanda Torres, foi premiado no ano de 2000 pelo filme “Eu, Tu, Eles”: Melhor Filme no Festival de Havana, Melhor Filme e Prêmio da Crítica no Festival de Cartagena. Dois anos mais tarde, conquistaria o prêmio de Melhor Realizador no Cine PE – Festival do Audiovisual por “Viva São João”.

Reproduzido com permissão e em parceria com a Comunidade News.  Leia outros artigos da Comunidade News.

Deixe um comentário

2 Comentários em "Documentários Exibidos em Nova Iorque Mostram Cantores Brasileiros"

avatar
Marcos Martins
Membro

Heraldo,

Voce pode entrar com um processo para Green Card a qualquer momento.

Se voce esta interessado na Loteria do Green Card, a coisa e diferente. As inscricoes para a Loteria de 2012 abrem em 05/Outubro/2010 e encerram em 03/Novembro/2010. As instrucoes estao no site oficial do Governo Americano ( http://travel.state.gov/visa/immigrants/types/types_1318.html ).

Brasileiros nao podem participar desta edicao da loteria. Bom, poder ate podem, mas serao desqualificados imediatamente.

Procure outras opcoes ou espere pela proxima Loteria.

Boa Sorte.

HERALDO
Visitante

Olá, gostaria de saber se existe em 2010 a possibilidade de inscrição no GREENCARD?

Qual o site oficial para realizar a inscrição, sem intermediários?

Obrigado.

HERALDO KIEFER
Curitiba/PR

wpDiscuz