Fonte:  Comunidade News

“Para Uma Menina”, de Atilano Muradas, é a trilha sonora de “Conecta-me”.

O músico Atilano Muradas comemora a boa fase na carreira. A música “Para Uma Menina”, de autoria dele, inspirou o diretor André Matias e o ator Alberto Danúzio a fazer o curta “Conecta-me”. O filme participou do Focus Film Festival.

Os personagens principais de “Conecta-me” são César (Alberto Danúzio) e Patricia (Jeniffer Liutti). Ele mora nos Estados Unidos e ela no Brasil. Os dois se comunicam com frequência através de uma webcam e também pelo telefone. A música de Atilano completa o clima romântico entre o casal.

Morando atualmente em Houston (TX), Atilano falou por telefone ao Comunidade News. Segundo o músico, foi a partir de uma amizade com Danúzio que nasceu a idéia de fazer o curta a partir da música. “Para Uma Menina” foi composta há mais de 20 anos, de acordo com Atilano. “Esta é uma música de uma inspiração bem juvenil”, disse. O artista tinha 17 anos quando compôs a música.

Conforme Atilano, é interessante ver que cada pessoa interpreta esta música de uma forma. “Nunca imaginava na minha vida que alguém iria pensar em cima dela naquele relacionamento de duas pessoas que moram em países diferentes, que se conectam pela internet, como foi a idéia do filme. Transcende o tempo, o espaço e a imaginação”.

Quando gravou “Para Uma Menina”, Atilano pensou que a música cairia muito bem na trilha sonora de uma novela. A música foi somente gravada em 2005. O ator justifica o porquê de guardá-la por tantos anos. “Quando a gente tem mais de 600 músicas, como eu tenho, é difícil para você escolher qual o repertório do seu projeto na hora”.

Mais de Três Décadas de Música

Mineiro de Araguari, Atilano Muradas está nos EUA há cinco anos. Criado num ambiente musical, tornou-se tenor do coral da igreja aos 15 anos de idade. Dois anos antes, ganhava de aniversário o primeiro violão. Nunca frequentou aulas para aprender a tocar o instrumento. Além de poeta e compositor, Atilano também é jornalista e escritor.

Há mais de 20 anos, Atilano trabalha no projeto de um musical. “Hoje eu acho que ele já está amadurecido o suficiente para ser gravado”. Com 33 anos de violão, o artista prepara atualmente um CD instrumental. “Quero gravá-lo até o final do ano”.

O artista não faz distinção entre ritmos, tanto que aprecia a música popular brasileira e a gospel. “Para mim música é música”. As preferências do músico vão desde Milton Nascimento e Caetano Veloso até João Alexandre e Aristeu Pires Júnior.

A música de Atilano pode ser ouvida em festas, restaurantes e shows. “Acabei de chegar de doze dias de apresentações no Brasil, em várias cidades”. Ele ainda encontra tempo para escrever para revistas e sites e exercer a função de pastor de uma igreja presbiteriana.

Segundo o músico, composições dele tem sido utilizadas em vídeos, festas e eventos. A composição “Casar”, segundo Atilano, já foi interpretada em diversos casamentos. “A música da gente vai criando sempre ramificações sobre as quais a gente não tem controle”.

Reproduzido com permissão e em parceria com a Comunidade News.  Leia outros artigos da Comunidade News.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz