Guma Aguiar continua desaparecido desde 19 de junho.

Mais de dois meses depois do desaparecimento do milionário brasileiro Guma Aguiar da Costa de Fort Lauderdale, o mistério sobre o seu paradeiro continua. Aguiar, de 35 anos, foi visto pela última vez em 19 de junho pilotando sua embarcação. No dia seguinte, seu iate foi encontrado encalhado e com o motor ligado na costa de Fort Lauderdale, sem ninguém a bordo. Aparentemente, o brasileiro era um homem de comportamento “instável” e sofria de depressão, fazendo uso de medicação para controlar a doença.

No dia 3, o jornal Sun Sentinel, publicou alguns detalhes sobre a investigação do U.S. Coast Guard (Guarda Corteira). Entre os objetos deixados por Aguiar no barco estão um colete salva-vidas, textos religiosos, um relógio de pulso e sua aliança de casamento.

No entanto, mais de dois meses depois do incidente, as dúvidas sobre o que teria causado o desaparecimento continuam e só se multiplicaram depois que o advogado de sua mulher, Jamie Aguiar, disse que o brasileiro pode ter forjado a própria morte. Até o momento, as informações coletadas pela Guarda Costeira, que fez buscas durante mais de 70 horas, não resultaram em um resultado conclusivo.

De acordo com o jornal, surgiram suspeitas sobre suicídio, acidente ou mesmo um desaparecimento tramado pelo próprio milionário. Na embarcação não foram encontrados vestígios de sangue ou indícios de outras pessoas a bordo.

Aguiar, que trabalhava como investidor, tinha uma fortuna estimada em $100 milhões de dólares por negócios relacionados à comercialização de petróleo e gás. “Os únicos fatos que temos foram obtidos pelas coordenadas do GPS. Vimos Aguiar subir a bordo da embarcação por uma câmera de segurança e sabemos onde a embarcação encalhou sem ele”, assinalou Darren Caprara, responsável pela equipe de resgate da Guarda Costeira.

As notas e relatórios elaborados pelos investigadores “não provam que Aguiar tenha planejado o suicídio”, acrescenta Caprara.

Aparentemente, Aguiar passava por uma complicada situação financeira e estava perto de declarar falência. Pouco depois de seu desaparecimento, tanto sua mãe como sua esposa entraram na Justiça, separadamente, pedindo para administrar a fortuna deixada por Aguiar.

Fonte: Gazeta News

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz