Os Estados Unidos estão passando pela maior crise financeira desde a Grande Depressão de 1932.  Apesar do pior já ter passado, alguns setores da economia continuam sofrendo com os efeitos da crise.   O povo americano está atualmente sentindo algumas conseqüências desagradáveis da recessão, como o desemprego que continua a níveis históricos.  Atualmente existem cerca de 14,8 milhões de americanos desempregados.

Mas não são só os nativos que estão sentindo na pela a dor da recessão.  Muitos imigrantes, incluindo brasileiros nos Estados Unidos estão encontrando dificuldade em conseguir empregos que há alguns anos atrás existiam em fartura.   De acordo com o Departamento de Estatísticas do Trabalho nos Estados Unidos as indústrias que mais estão sofrendo com o desemprego são indústrias que normalmente empregam muitos brasileiros, como detalhado abaixo:

Construção

Muitos brasileiros que vieram para os Estados Unidos tentar uma melhora de vida trabalhavam em construção.  Porém essa indústria perdeu um número recorde de empregos nos últimos meses.  Somente em Janeiro deste ano foram 75.000 empregos perdidos.  Desde o começo da recessão em Dezembro de 2007 já foram 1,9 milhões de empregos perdidos.  Para piorar ainda mais a situação, o prognóstico é de que essas perdas não serão recuperadas por muito tempo.

Transporte e Armazenamento

Essas indústrias que também empregavam brasileiros perderam 19,000 empregos em Janeiro e 23,000 em Dezembro de 2009.  Muitas perdas são resultantes de cortes em empresas de mensageiros, além de vários outros fatores.

Manufatura

A indústria de manufatura está em decadência há dez anos nos Estados Unidos, já que muitas empresas estão movendo suas produções para países em desenvolvimento onde o custo é muito mais baixo.  Desde o começo da recessão mais de 2 milhões de empregos de manufatura foram perdidos e muitos brasileiros foram afetados.

As poucas indústrias que estão vendo crescimento incluem as indústrias de serviços temporários e da área de saúde.  

Para os brasileiros que ainda pensam em correr atrás do sonho americano, este talvez não seja o melhor momento, principalmente para quem não tem qualificações acadêmicas e trabalham na indústria de construção, transporte ou manufatura.  Porém, para enfermeiros e outros profissionais na área de saúde, as oportunidades ainda existem.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz