Fonte:  Comunidade News 

A polícia poderá investigar a situação imigratória de qualquer pessoa detida.

Um ano após a aprovação da lei que dificulta e criminaliza a entrada de imigrantes ilegais no Estado do Arizona, nos Estados Unidos, a Flórida aprovou na quarta-feira, 5, sua versão de um projeto de lei de imigração que também pune legalmente os estrangeiros.

Segundo o texto aprovado pelo Senado estadual, a polícia poderá investigar a situação migratória de qualquer pessoa detida, sem que tenha sido julgada ou considerada culpada por algum crime. Basta uma infração civil para levá-la à deportação.

Na madrugada de terça-feira. 5, a votação foi adiada pelos senadores, que não conseguiram chegar a um acordo em relação a um dos pontos mais polêmicos do projeto: obrigar os patrões a utilizar um sistema eletrônico para verificar a identidade e a situação migratória de seus empregados.

A discórdia chegou a causar um mal-estar no Senado, após a recusa da senadora Anitere Flores, que apresentou o projeto, de incluir a exigência no texto. Em resposta, o presidente da casa, Mike Haridoplos, retirou o projeto das mãos de Flores e o entregou a seu colega J.D. Alexander, em uma cena jamais registrada antes. Na manhã de quarta-feira, porém, a votação foi retomada e Alexander votou contra.

Para que a lei entre em vigor, é necessária a aprovação também da Câmara da Flórida, que elaborou sua própria versão do texto, mais rígida e discriminatória que a apresentada pelo Senado. De acordo com o que foi proposto, a atuação da polícia deve ser direcionada pelas características físicas do cidadão, visando em especial os hispânicos.

Nas duas casas legislativas, o Partido Republicano tem maioria, mas para aprovar o projeto de lei final serão necessários dois terços dos votos. Caso a lei seja aprovada, a Flórida será o terceiro estado norte-americano a tomar medidas legislativas contra imigrantes. Anteriormente, o Arizona e Utah optaram por normas rígidas.

Em abril do ano passado, a lei assinada pela governadora republicana Jan Brewer, no Arizona, previa atitudes radicais por parte da polícia, criminalização da entrada ilegal no país, punição legal aos contratantes ou transportadores de imigrantes ilegais, entre outras restrições. Em Utah, apesar de o texto aprovado ser menos rígido, a lei já foi alvo de queixa judicial por parte da União Americana de Direitos Civis.

Reproduzido com permissão e em parceria com a Comunidade News.

Deixe um comentário

1 Comentário em "Assim como no Arizona, Flórida Aprova Lei que Criminaliza Imigrantes"

avatar
Lox
Visitante
Lembremo-nos: para o brasileiro criminalizar o crime é incorreto. O correto para ele é: O crime pode compensar. Se é crime entrar no território americano sem autorização, então o correto é entrarmos naquela nação seguindo suas leis. Mas, a pergunta é: Brasileiro suporta cumprir leis? Para o brasileiro cumprir lei é algo amargo e intragável. Para os americanos e europeus cumprir leis traz uma sensação incrível de paz; eis a resposta do porque o imigrante brasileiro não ter paz ou sossego – ele não suporta cumprir leis em lugar nenhum. A alegria do povo brasileiro é apenas um disfarce. Se… Read more »
wpDiscuz