Fonte:  Comunidade News

Evento em Nova Iorque traz grandes nomes da música brasileira.

O Birdland em Nova Iorque traz dois grandes nomes da música brasileira para o BossaBrasil Festival, que acontece de 8 a 12 de junho. Numa rara experiência musical, Marcos Valle e Emílio Santiago dividem o palco e cantam muita bossa nova e ritmos suingados.

Os músicos estarão acompanhados de Sérgio Brandão (baixo e direção musical), Klaus Mueller (piano), Ernesto Simpson (bateria) e Café (percussão). Criado em 2007 para celebrar diversos ritmos da música brasileira, o BossaBrasil Festival terá muito samba, jazz e sensibilidade.

A apertada agenda de 12 shows de Marcos Valle no Japão teve uma brecha para uma entrevista via e-mail. Com Emílio Santiago, do qual é convidado, o músico interpreta “Samba de Verão”, hit que alcançou o segundo lugar na Billboard em 1966, “Preciso Aprender a Ser Só” e “Disfarça e Vem”, esta última de autoria de Valle e gravada por Emílio Santiago.

Durante a apresentação inteira, Marcos toca o teclado. Várias músicas de Emílio Santiago fazem parte do novo CD, recém lançado no Brasil.
Para Marcos, tanto faz se o ritmo é bossa nova ou suingue. O que importa é mostrar o trabalho ao público. Por isso, incluiu os animados “Os Grilos” e “Batucada” e o ritmo lento e melódico de “Preciso Aprender a Ser Só”. Valle está feliz por voltar aos Estados Unidos, depois de muito tempo ausente.

A carreira do carioca Marcos Valle começou na década de 60, com criações de bossa nova, deu espaço também para canções como “Terra de Ninguém” e “Viola Enluarada”, as quais mostravam o engajamento político do músico. Boa parte do repertório é assinada em parceria com o irmão, Paulo Sérgio Valle.

Nos anos 80, o público jovem da Europa e do Japão descobriu a música de Marcos. “Eu não investi nisso, foi iniciativa deles”, explicou. Foi o pontapé para lançar todos os discos antigos nestes locais. “Passei a gravar novos CDs e a fazer turnês anuais nesses países, e também na Austrália e Singapura”.

O público internacional de Marcos Valle não compreende os brasileiros que moram no exterior. Neste mês de junho lança o CD “Esphera” primeiro no Japão e depois na Europa. As dez músicas novas tem melodia do músico e letras de Marcelo Camelo, Ronaldo Bastos, Joyce e Paulo Sérgio Valle. Entre as obras estão “Vamos Sambar” e “Eu Vou”, cujas letras são de Marcelo Camelo.

Reproduzido com permissão e em parceria com a Comunidade News.  Leia outros artigos da Comunidade News.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz