Depois de Quase ser Deportada, Brasileira Receberá Green Card

Fonte:  Comunidade News

Chega ao fim o pesadelo da brasileira Tereza Pereira, presa pela imigração no dia 24 de janeiro do ano passado. Em audiência realizada no último dia 7, à 1pm, na Corte de Imigração de Hartford, o juiz Michael Straus decidiu parar a deportação dela e do marido, Carlos Lima. Straus disse que a deportação do casal seria altamente prejudicial aos dois filhos do casal, que nasceram nos Estados Unidos.

Segundo Lima, a audiência durou cerca de 3 horas, e foi acompanhada por muitos amigos do casal. “Brasileiros, americanos e portugueses”, disse ele. Na opinião de Tereza, o juiz levou em consideração o futuro dos filhos do casal. “Talvez meu filho mais velho tivesse que ficar nos Estados Unidos”, disse Tereza, que chorou ao falar sobre os filhos. A sessão teve que ser interrompida. Tereza emocionou até mesmo os cerca de 20 jurados. “Só o juiz não chorou junto”.

Conforme matéria publicada no The News Times, o advogado Michael Boyle, encarregado do caso, chegou a contatar uma universidade brasileira, onde um professor de biologia molecular disse que Thiago não teria chances de freqüentar uma universidade brasileira. Isto porque o vestibular se concentra, por exemplo, na língua portuguesa.

Segundo Tereza, Boyle estava lutando por um caso muito raro, devido aos argumentos que usou. “Ele colocou em questão as notas que o Thiago tem na escola e o quanto seria importante para ele ficar no país”. Boyle disse que os juízes geralmente param as deportações em casos de filhos americanos com sérias necessidades especiais ou problemas de desenvolvimento.

Erros graves

O drama de Tereza e Carlos começou em 1988, quando conheceram um brasileiro chamado Almir, que disse que legalizaria o casal pela lei de 7 anos. Eles pagaram $7,000 pelo processo. Desconfiado, o casal procurou os advogados Maria Luiza de Castro e Manuel Nieves, de Hartford, na esperança de conseguir se legalizar.

A dupla de advogados foi indicada para Lima por José Santos, que junto com a família, foi deportado, no caso conhecido como a Família Santos. Já tentando a legalização com os novos advogados, Lima e Tereza ficaram sabendo que tinham assinado um processo de legalização por casamento com outras pessoas, na época do contato com Almir.

Tereza e Lima tinham ordem de deportação datada de 2002 e 2004, respectivamente, mas os advogados Maria Luiza e Manuel nunca informaram ao casal. A deportação da família Santos aconteceu por erro de Maria Luiza, segundo Lima. Desde o momento de sua prisão, Tereza não deixou de pensar no resultado final. Apesar de confiante na vitória, era tomada por muita ansiedade e medo de ser deportada. Tereza e Carlos acham que o depoimento de Thiago foi crucial na decisão do juiz. “Acho que tocou o coração do juiz”, disse Tereza, que destacou também e agradeceu o bom trabalho de Michael Boyle. Agradecendo muito a Deus, Tereza se sente uma imigrante muito vitoriosa. “Foi uma luta muito grande”.

Thiago também acha que o depoimento dele, falando ao juiz das dificuldades de freqüentar uma faculdade no Brasil, foi bastante convincente. O jovem ainda está bastante emocionado com o resultado. Para comemorar, pretende ir ao Brasil junto com os pais. O casal deve receber o green card dentro de algumas semanas.

A prisão de Tereza ocorreu na casa dela, em uma mega operação, envolvendo cerca de 8 pessoas, entre agentes imigratórios e a polícia. Na época, o casal não entendeu a presença dos agentes na casa deles. Somente depois é que souberam do erro cometido pela advogada Maria Luiza de Castro.

Reproduzido com permissão do Comunidade News.  Leia outros artigos do Comunidade News.

Comunidade News

Comunidade News é um jornal voltado à comunidade brasileira em Massachusetts. Comunidades News tem uma parceria com Brasileiros nos Estados Unidos pela qual temos permissão para reproduzir o conteúdo abaixo.

50
Deixe um comentário

avatar
49 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
24 Comment authors
GilsonNetoRedação do site Brasileiros nos Estados UnidosElisângela de Lima AbreuJoão Recent comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Carlos
Visitante
Carlos

Ola, eu me chamo Carlos. Moro nos EUA a 3 anos. No Brasil eu era um pequeno empresario “falido”. Com nome sujo, devendo pra Bancos, fornecedores, Impostos, enfim perdi tudo, deixei tudo pra tras, ate minha casa e resolvi vir pra ca pra comecar tudo de novo, trabalhar e pagar as minhas dividas no Brasil (e vou conseguir,se Deus quiser). Agora,estou regularizando minha situacao aqui junto a Imigracao, mas tenho uma duvida: Eu posso ter problemas junto a Imigracao referentes aos meu green card por causa que tenho credito “mal” no Brasil? Eles aqui tem acesso aos creditos de la?… Read more »

Kayla Remonnes
Visitante
Kayla Remonnes

Marcos, muito obrigada pelo seu tempo e sua atencao. Bom, casar me novamente agora nao esta em meus planos, ainda estou me refazendo entende? Mas, em uma das vezes que ele me disse que iria mandar me deportar eu disse a ele que eu iria denuncia-lo por abuso mental… ele riu e me perguntou se eu tinha provas concretas disso, se eu poderia provar isso contra ele ,com provas escritas ou gravadas. E realmente eu nao tenho prova nenhuma porque toda vez que ele falou isso ,somente estavamos nos dois. Entao, sim eu vou preencher um Form I-751 , mas… Read more »

Marcos Martins
Membro

Kayla Remonnes,

Voce tem algumas opcoes para permanecer por aqui (legalmente).

Aqui vao 2 exemplos:

1) Preencha um Form I-751 Petition to Remove the Conditions of Residence. Na Parte 2 (Basis for Petition) voce encontrara pelo menos uma opcao que voce pode se enquadrar (lembre-se de que “extreme cruelty” significa abuso fisico e tambem mental – tais como ofensas e ameacas). Voce pode ver o formulario e as instrucoes neste link: http://www.uscis.gov/portal/site/uscis/menuitem.5af9bb95919f35e66f614176543f6d1a/?vgnextoid=f858d59cb7a5d010VgnVCM10000048f3d6a1RCRD&vgnextchannel=db029c7755cb9010VgnVCM10000045f3d6a1RCRD

2) Case-se com outro americano.

Boa Sorte.

Kayla Remonnes
Visitante
Kayla Remonnes

Oi, eu moro nos Estados Unidos. Fui casada com um cidadao americano por 2 anos, dei entrada nos meus papeis e peguei o green card por 2 anos. Agora, terei que aplicar para os 10 anos. Mas terei que ir como divorciada. Sei que talvez tenha que provar a legitimidade do casamento perante a Imigracao. Isso nao eh problema, o casamento foi real , tenho referencias (cartas), e alguns documentos. O que nunca tive com ele foi contas conjuntas em Banco, porque o lado financeiro foi realmente o que acabou com a relacao (e muito mais). Mas tenho contrato de… Read more »

Redação BNEU
Admin

Alexandra,

Seu caso parece um pouco complexo e não estamos capacitados para lhe ajudar. Se possível, seria aconselhável o auxílio de um advogado de imigração.

alexandra
Visitante
alexandra

meu nome e alexandra…sou casada nos estados unidos com um brasileiro e tenho 2 filhos , demos entrada nos papeis em 2001…demorou muito chegar os documentos…mas tenho social security e autorizacao de trabalho e minha carteira que ja esta vencida…mandei meus filhos pra ferias no brasil e meu ex marido mora aqui…mandei meus filhos pra passar ferias com minha mae…mas autorizando meu ex marido de pega-los..mas as coisas mudaram..ele me ligou e me disse que pegaria as criancas e nao deixaria elas voltarem mais…e eu sem poder sair dos estaDOS UNIDOS tive que pegar o primeiro voo e vim…se nao… Read more »

alexandra
Visitante
alexandra

oi

Redação BNEU
Admin

José,

Acredito que com ordem de deportação não há possibilidade de retorno, mas é sempre bom consultar um advogado de imigração.

jose maria nunes
Visitante

gostaria de saber morei nos estados unidos de 2001 a 2008,tinha ordem de deportaçao sai espontaneamente,de quanto tempo posso retornar,tenho proposta de trabalho do meu ex.patrao.a possibilidade.
obrigado
jose maria

Redação BNEU
Admin

Dede,

Uma vez que o seu “adjustment of status” for aceito você pode permanecer nos EUA.

DEDE
Visitante
DEDE

BOM DIA. TENHO UMA DUVIDA, ESTOU NOS EUA A 5 ANOS E SOU NOIVO DE UMA AMERICANA, QUEREMOS NOS CASAR E GOSTARIA DE SABER SE QUANDO CASAR EU TENHO QUE VOLTAR PARA O BRASIL PRA ESPERAR O GREENCARD.

Redação BNEU
Admin

Denisson,

Infelizmente não somos qualificados para comentar sobre o seu caso – somente um advogado poderia lhe ajudar neste caso.

Denisson
Visitante
Denisson

Bom dia, morei ilegal nos estados unidos por 17 anos,meio de 90 a 2008, tive casado com uma americana por quase 3 anos e tive filho com ela, sou divorciado e nesse periodo nao apliquei para o green card pois fui deixando para depois, ela sempre criou problemas para minhas visitas e isso se prolongou por uns 5 anos e gastei muito dinheiro com isso tudo, e por nao ter um indereco certo pois minha profissao exigia que eu me deslocasse, a maioria das vezes eu levava a pior na court, cansado disso tudo regressei para o Brasil em 2008… Read more »

Redação BNEU
Admin

Guilherme,

Não sabemos informar – Você pode tentar pedir o visto e ver como respondem.

Guuilherme
Visitante
Guuilherme

Olá, fui morador de Nova Iorque por dois anos e voltei recentemente. Quero voltar a morar em NY, mas não sei se erá possível, pois ultrapassei em um ano a permanencia dada no formulário i-94, depois de quanto tempo poderia voltar aos estados unidos para visitar? Meu visto era de turista, e havia prorrogado minha permanência de seis meses, por mais seis meses, mas fiquei um ano depois disso.

Redação BNEU
Admin

Maria,

Você precisa fazer uma prova chamada de “bar exam”. Para fazer esta prova o seu diploma de “Juris Doctor” tem que ser de uma universidade aprovada pelo estado no qual você fará a prova. Veja mais informações aqui: http://en.wikipedia.org/wiki/Admission_to_the_bar_in_the_United_States

Maria das Gracas Douglas
Visitante
Maria das Gracas Douglas

Sou brasileira, residente permanente nos USA, IN. Sou formada em direito no Brasil. Como proceder para ter minha icenca para atuar como advogada no Estado de Indiana? Desde ja agrade a possivel respost.

Redação BNEU
Admin

Lety,

Sua filha terá que fazer uma aplicação na universidade e completar as provas como o SAT e ACT como qualquer outro americano. Além disso terá que fazer o TOEFL que testa o conhecimento de inglês dela. Ela terá também que ter documentos de sua escolaridade no Brasil traduzidos por tradutores juramentados e enviar esses documentos para a universidade. Se você sabe que ela quer ingressar na University de Delaware entre em contato com eles para pedir uma “application.”

Lety
Visitante
Lety

Eu tenho uma filha que deve vir morar comigo aqui nos EUA em 2011, ele esta terminando o ensino Medio no Brasil. gostaria de informacoes de como eu poderei ingressar ela em uma universidade, eu moro em Delaware, aqui temos a University of Delaware, ela quer fazer Curso de Direito tudo isto eu preciso saber porque pretendo me preparar com antecedencia.

rozana martins
Visitante
rozana martins

Prezados senhores,

Preciso saber notícias de um pessoa que foi presa pela guarda costeira por não possuir GREEN CARD.

Podem nos ajudar nisso?

Atenciosamente,

Rozana Martins

Redação BNEU
Admin

Rozana,
Temos vários atalhos em nossa página de referência a organizações de Imigração e Ajuda ao Imigrante que talvez possam lhe ajudar : http://www.brasileirosnosestadosunidos.com/referencias/