Continuam as Reclamações de Caixas Retidas nos Portos Brasileiros

Fonte:  Comunidade News 

Alfândega do Porto de Santos desmente leilão.

Imigrantes que enviaram caixas ao Brasil continuam reclamando que não conseguem liberar as caixas retidas nos portos. Segundo a alfândega do Porto de Santos, o despacho de bagagem desacompanhada, desde que regular, continua a ser efetuado normalmente.

Uma grande lista de reclamações chegou até a Organização Não Governamental Brasileira de Apoio ao Emigrante (ONG BAE), localizada em Poços de Caldas (MG). O fundador da ONG, Walther Alvarenga, brasileiros que moraram nos Estados Unidos começaram a procurar a BAE há dois anos. Segundo ele, são pessoas de várias partes do Brasil.

De acordo com ele, os emigrantes apresentavam a devida documentação no porto, mas não conseguiam retirar seus contêineres e caixas. As mercadorias foram enviadas através da Adonai Express e da Express Moving. Conforme Alvarenga, a maioria das pessoas que procuraram o porto não foram atendidas e não conseguiram retirar as caixas. “As que conseguiram tirar as caixas, as caixas estavam mexidas, faltando coisas”, disse ele.

Em uma nota oficial, a BAE repudia a decisão da alfândega do Porto de Santos em leiloar os contêineres retidos, e diz que foi fixado o prazo de 28 de fevereiro de 2011 para a retirada das caixas. Segundo a nota, a polícia alfandegária alega desinteresse por parte dos brasileiros. A nota foi enviada a José Antônio Gaeta Mendes, Inspetor Chefe da Alfândega do Porto de Santos, ao Deputado Federal Geraldo Thadeu e ao Conselho Nacional de Imigrantes.

Segundo Walther, uma mulher ficou no porto durante uma semana e não conseguiu retirar a mercadoria dela. Vários moradores de Poços de Caldas, conforme Alvarenga, estão entre os lesados. Em um dos casos, uma ex-moradora dos EUA, que ficou 21 anos no país, não conseguiu retirar a mercadoria porque não apresentou um comprovante de residência.

Entre os brasileiros que não conseguem retirar a mercadoria estão duas ex-moradoras de Mount Vernon (NY). Uma das brasileiras contou que o marido dela esteve no Porto de Santos duas vezes e não conseguiu retirar a caixa. Segundo ela, o porto disse que eles deviam desistir de retirar a mercadoria, a qual iria para leilão.

Tânia Bertozzi, que morou em White Plains (NY), está tentando reaver a caixa através de um despachante, e está bastante esperançosa.

Encerramento de Trabalhos

Por e-mail ao Comunidade News, o inspetor Gaeta Mendes confirmou que 28 de fevereiro último foi apenas a data em que encerraram os trabalhos da comissão encarregada de examinar os despachos dos contêineres enviados pela Adonai, os quais haviam sido apreendidos em meados de 2009. Segundo ele, foram liberadas cerca de 1.000 bagagens.

“O que não foi liberado é porque não se conseguiu comprovar a titularidade de seu proprietário e será objeto de aplicação da pena de perdimento, podendo ter como destinação a destruição, doação ou leilão, conforme a natureza do bem, mas esse procedimento ainda não teve início. O despacho de bagagem desacompanhada, desde que regular, continua sendo feito normalmente pelo setor competente da Alfândega (Equipe de Bagagem)”, disse o inspetor.

Segundo reportagem do jornal Brazilian Voice, agentes da Polícia Federal e da Receita Federal continuam a série de investigações iniciadas há quatro anos, a fim de comprovar a procedência de mercadorias que estariam enquadradas em contrabando. Centenas de contêineres aguardam liberação no Porto de Santos, de acordo com o detetive Elísio Rodrigues.

De acordo com o blog do jornalista Beto Moraes, a empresa de consultoria OBTS contratou advogados, os quais estão conseguindo indenizações de determinadas empresas que foram judicialmente acionadas. Os interessados devem ligar para Daisy no número (781) 629-2603. A fim de ser classificadas como vítimas de empresas de envios de caixas e não ser taxadas, as pessoas devem mencionar o código “B50”.

Reproduzido com permissão e em parceria com a Comunidade News.

Comunidade News

Comunidade News é um jornal voltado à comunidade brasileira em Massachusetts. Comunidades News tem uma parceria com Brasileiros nos Estados Unidos pela qual temos permissão para reproduzir o conteúdo abaixo.

148
Deixe um comentário

avatar
148 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
88 Comment authors
Adrianepaulosergio marinsOdilon D. Mouraclaudioclaudete mahaney Recent comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Adriane
Visitante
Adriane

Sou mas uma vítima mas da empresa Fast Watch moving . Estou a 10 meses aguardando 24 volumes e não sei mas os fazer com quem falar um descaso total, mandaram minha mudança sem o BL e se há alguém q possa me ajudar por Deus eu peço que me ajudem! Adriane

paulosergio marins
Visitante

mandei minha mudança pela mediterraneo ship do brasil no ano de 2010 de barcelona para santostenho tudo pago em dia e ate hoje naõ recebiminhas coisas morei 20 anos na espanha agora estou no brasil sem nada sofri 3 derrames cerebral e me encotro invalido só quero recuperar minha coisas que é minha vida pelo amor de deus que país é esse ajudem me por favor

Odilon D. Moura
Visitante
Odilon D. Moura

Morei 22 anos nos EUA, eu nao vou trazer nada, vai ficar tudo lah, no Brasil soh tem ladrao, that is it

claudio
Visitante

O envio de caixas sem identificação do conteúdo é proibida. As caixas só podem ser enviadas mediante o devido pagamento dos impostos ou se o remetente estiver retornando ao Brasil com a bagagem, ai, ele terá isenção dos impostos se comprovar que permaneceu por mais de 1 ano e 1 mês no exterior. Não caiam nessa de que vão receber a sua caixa se você não se enquadra nas opções acima. A caixa deve chegar ao Brasil documentada e com documentos como BL ou AWB. Se não tiver em seu nome ou de parentes, nem adianta que a Receita Federal… Read more »

claudete mahaney
Visitante
claudete mahaney

eu mandei cinco caixas para o brasil desde do ano de 2011 e nunca chegou,uma caixa foi pela freeway e nunca chegou e 4 caixas pela brasilcourier se alguem sober de alguma coisa entra em contacto.

THIAGO COELHO
Visitante
THIAGO COELHO

Prezada MARI MENGALDO da mensagem postada dia 2-fev-2013. Talvez eu possa lhe ajudar. Faça o contato comigo. Tens o BL e o numero do contêiner? Precisa realizar uma investigação ou associar a mais dados e documentos. O quanto antes proceder é melhor, para que seus pertences não se percam. thiago-coelho@bol.com.br

THIAGO COELHO
Visitante
THIAGO COELHO

Prezada Marilene Garcia,da mensagem postada no dia 12 de outubro-2011. Peço que realiza a orientação, mas há outras questões que devem ser levantadas. Tenho demais informações. No entanto, peço seu contato já que tens o BL e o numero do contêiner. Já retirou suas coisa? Saudações. thiago-coelho@bol.com.br

Mari Mengaldo
Visitante
Mari Mengaldo

Ola mandei 3 caixas para Sao Paulo, Campinas pela BrazBox. E tudo o que eu tenho pois estou voltando para o Brasil. Minhas caixas nunca chegram e mandei desde julho de 2012…setembro 2012. Com a garantia que chegaria em 3meses. Cada vez que telefono para obter informacao dizen que esta aguardando liberacao no porto. Por favor alguem pode me ajudar a ir mais fundo no problema??? Nao consigo obter uma confirmacao se sera entregue e quando.Existe a possibilidade de que os donos sejam responsaveis pelo atentimento????? Ou somente basta a gente pagar e nao receber nada em troca…como se estivessemos… Read more »

1 6 7 8