De acordo com informações da Folha de São Paulo, brasileiros que compraram imóveis na Flórida durante a crise econômica americana a partir de 2009 como segunda residência ou como forma de investimento, começaram a vender os seus imóveis.

Durante a crise econômica e imobiliária nos Estados Unidos, em meados de 2009, os valores dos imóveis começaram a despencar, e o dólar estava por torno de R$1,80 o que favorecia o investimento de brasileiros. Hoje o mercado imobiliário está com preços altos e o dólar está acima de R$3,15.

Alguns investidores estão aproveitando este momento para coletar seus lucros, já que o câmbio favorável e os preços altos oferecem uma grande oportunidade de faturar um ótimo retorno nos investimentos feitos no passado.  Alguns preveem o fim do ciclo de valorização dos imóveis e querem se livrar dessas propriedades antes de uma eventual nova crise.  Existem também aqueles que fizeram hipotecas em dólar e hoje sentem dificuldade em pagar as prestações ou necessitam de obter uma renda adicional em tempos de recessão no Brasil.

De acordo com dados da agência Miami’s Downtown Development Authority, os preços de revenda na região central de Miami (área preferida dos brasileiros) registraram queda de 4% no primeiro semestre deste ano.  Essa é a primeira redução dos preços em cinco anos.  Devido ao aumento do volume de imóveis disponíveis no mercado, acredita-se que a tendência seja dos preços continuarem caindo.

Image by miamitom licensed under CC BY-SA 2.5

Deixe um comentário

1 Comentário em "Brasileiros que Investiram em Miami Começam a Vender Seus Imóveis"

avatar
M&M Empreendimentos
Visitante

Bom dia

Sou investidor em imoveis em Natal – Rio Grande do Norte.
Gostaria saber se hà interesse em trocar bens em Miami com bens aqui no Brasil.

Atenciosamente

wpDiscuz