O brasileiro Bruno Garcia, residente da Florida, entusiasmado pelo discurso do presidente na convenção democrata na Pensilvânia, entrou no site da Casa Branca e clicou na opção “Fale com o presidente”. Em sua mensagem Garcia agradecia a oportunidade de poder imigrar e ter trabalho nos Estados Unidos.

Para sua surpresa, Bruno recebeu uma resposta em um e-mail da Casa Branca no qual o presidente Barack Obama reconheceu a importante função de imigrantes que atuam no país:

“Querido Bruno”, foi a saudação inicial da mensagem.  “Suspeito que mais do que meu governo, são o otimismo e o trabalho duro de pessoas como você que mudaram nosso país para melhor”, disse o presidente em sua mensagem.

“A América ainda enfrenta muitos desafios e nosso sucesso não é inevitável. Ele vai depender de todas as pessoas levantando suas vozes, rejeitando a noção cínica de que o progresso não é possível e garantindo que nossa política reflita o melhor de nós”, encerrou Obama.

É provável que a carta tenha sido escrita por um assessor, mas Bruno não pareceu se importar com isso.

Esse tipo de interação pessoal entre o presidente e o povo faz parte de um programa da Casa Branca que vem usando vários veículos de comunicação modernos para facilitar a interação entre as pessoas e o governo americano.

Por exemplo, recentemente foi lançado o programa do Messenger da Casa Branca, o primeiro do tipo usado por qualquer governo em todo o mundo.  De acordo com Jason Goldman, diretor de Assuntos Digitais da Casa Branca, esse programa  “vai tornar o envio de mensagens tão fácil como se você estivesse escrevendo para seus amigos mais próximos.”

Ter um momento de interação pessoalmente com o presidente não era tão incomum nos primeiros anos do país. Abraham Lincoln costumava ter horários de atendimento para que o público entrasse e visitasse a Casa Branca. Os telefones substituíram as visitas pessoais nos anos 1880. Em 1994, a Casa Branca lançou seu primeiro site, o que permitiu que as pessoas contatassem o presidente on-line.

“Isso tem a ver com criar oportunidades para as pessoas interagirem com seu governo de maneira nova e acessível, utilizando as mesmas tecnologias das quais já dependemos em nosso dia a dia”, completou Goldman.

Deixe um comentário

1 Comentário em "Brasileiro Envia e-mail a Obama e Recebe Resposta do Presidente dos EUA"

avatar
ADRIANA DAMASCENO
Visitante

me envie um email que possa falar em particular co o senhor Obama

wpDiscuz