Fonte:  Comunidade News

Em entrevista ao CNews, o Cônsul-geral no Arizona afirma que os brasileiros indocumentados estão falando em mudar para outro estado ou voltar ao Brasil.

A lei que criminaliza os imigrantes indocumentados no Arizona está atingindo os brasileiros daquele estado. Segundo o Consulado Honorário do Brasil no Arizona, vários brasileiros regularizaram os documentos para poder voltar ao Brasil. O Ministério das Relações Exteriores (MRE) já se manifestou, dizendo que a lei viola os direitos de milhões de estrangeiros, entre eles os brasileiros, que vivem nos Estados Unidos.

Em nota à imprensa, divulgada no dia 3 de maio, o governo brasileiro demonstra preocupação e afirma que a lei do Arizona vai sacrificar os direitos humanos dos imigrantes. “O governo brasileiro considera que conceder o mesmo tratamento a indocumentados e criminosos subverte noções elementares de humanidade e justiça”, diz o documento.

Ainda na nota, o governo declara que é preciso seguir o caminho da regularização migratória, e não o da criminalização. Como exemplo, citou a Lei n. 11.961, de julho de 2009, através da qual o Brasil promoveu uma ampla regularização da situação imigratória dos estrangeiros no país.

Por telefone ao Comunidade News, o Cônsul Honorário do Brasil no Estado do Arizona, Brad Brados, falou da reação da comunidade brasileira no estado. Segundo ele, durante o consulado itinerante, ocorrido no dia 25 de abril, um número significativo de brasileiros conversou com os funcionários do Consulado-Geral do Brasil em Los Angeles sobre o assunto.

Brados afirmou que os brasileiros falaram sobre planos e regularização de documentos para voltar ao Brasil. “Foi uma surpresa muito grande de reconhecer que um número bem notável de brasileiros está pensando em sair do Arizona, ou para outros estados, ou para o Brasil, diretamente relacionado com o potencial desta lei”.

Aprovada no mês passado pela governadora Jan Brewer, a chamada SB 1070 determina que um policial pode prender um imigrante caso tiver razões para suspeitar que ele está indocumentado. Ainda conforme a lei, comete um ato ilegal quem transporta ou emprega imigrantes indocumentados, sabedor(a) do status imigratório deles.

De acordo com o cônsul, o Arizona está dividido entre os contra e os a favor da lei, estes últimos representados pelas minorias. “Existe uma preocupação muito grande, acho que está se tornando bem notável que um número muito grande de pessoas vai sair do Arizona, tanto brasileiros como outras nacionalidades também”. Ele disse ainda que estima-se que cerca de 5 mil a 7 mil brasileiros vivem no estado. Deste número, 25 a 30% estaria em situação irregular.

O cônsul acredita que até a lei entrar em vigor, o que está previsto para o final de julho, uma série de modificações devem ocorrer na SB 1070.
O Comunidade News tentou falar com o Cônsul Adjunto do Consulado-Geral do Brasil em Nova Iorque, que está substituindo o embaixador Osmar Chohfi, mas ele preferiu não se manifestar.

Câmara de Massachusetts Boicota Arizona

Segundo o colunista Tom Elias, muitos americanos podem se sentir na obrigação de sair de casa com uma prova de cidadania. Ainda de acordo com Elias, a SB 1070 viola claramente a 14ª emenda da Constituição Americana, a qual promete “igual proteção da lei” a todas as pessoas. Na opinião do colunista, o tiro de Brewer pode ter saído pela culatra. Em outras palavras, a SB 1070 pode ter importante papel no avanço das negociações para aprovação de uma reforma imigratória.

Elias cita ainda um documento emitido pelo Xerife Ralph Ogden, do Condado de Yuma, o qual fala de um custo entre $775 mil e $1.2 milhão por ano aos cofres da polícia da fronteira no condado. De acordo com o xerife, seriam necessários novos presídios no Condado de Yuma, sem contar que seriam gastos, no mínimo, $800 mil com advogados.

Na terça-feira (4), a Câmara Municipal de Boston, Massachusetts, aprovou por unanimidade um projeto de lei como forma de boicotar o Arizona. De autoria de Felix Arroyo e Michael Ross, a resolução recomenda uma revisão completa de todos os negócios e investimentos entre a cidade de Boston e aquele estado.

Reproduzido com permissão e em parceria com a Comunidade News.  Leia outros artigos da Comunidade News.

Deixe um comentário

2 Comentários em "“Brasileiros Pensam em Deixar o Arizona”, diz Cônsul-Geral do Brasil no Arizona"

avatar
Redação BNEU
Admin

Jenny,

Depende de vários fatores, principalmente de seu crédito. Geralmetne de 5-20%.

jenny
Visitante

moro em arizona.gostaria de comprar uma casa ,en condicao de investidora cuanto e` o porcentagem de entrada minima que necessito dar obrigado

wpDiscuz