Fonte:  Comunidade News

Mike Krieger foi escolhido pela Casa Branca como exemplo de imigrante que o país precisa.

Não é todo dia que um fundador de uma pequena empresa que faz software para Iphone é convidado para sentar ao lado da primeira-dama durante o discurso mais importante do presidente da república nos Estados Unidos.

Mas foi exatamente o que aconteceu no último dia 24 e o privilegiado foi o brasileiro Mike Krieger.

O cofundador da empresa Instagram recebeu o telefonema da Casa Branca na sexta-feira, 20, para comparecer ao discurso de BarackObama no Congresso Nacional. “Você não diz não para a Casa Branca”, disse Kriger. “Eu marquei a passagem e cheguei em Washington D.C. na segunda-feira à noite”.

Apesar do próprio presidente usar o programa Instagram para divulgar suas fotos de campanha, a presença do brasileiro estava relacionada a uma política mais ampla.

No caso de Krieger, sua presença representou a necessidade de uma legislação que ajudaria imigrantes que iniciam empresas startup em construir suas empresas nos Estados Unidos.

O brasileiro, que fundou a Instagram juntamente com o norte-americano Kevin Systrom em 2010, trabalha atualmente usando um visto H1-B (visto de trabalho), após seu visto de estudante ter vencido. Com investimentos de U$7.5 milhões e 10 funcionários, a empresa já conta com cerca de 15 milhões de usuários. Agora ele deseja ficar permanentemente no país e continuar a fazer sua empresa crescer.
No seu discurso, o presidente Obama falou sobre a importância de uma reforma imigratória que ajudasse pessoas como Krieger que desejam ficar nos Estados Unidos e construir uma empresa.

Nós deveríamos trabalhar em uma reforma imigratória já”, disse Obama. “Mas se a política de um ano eleitoral manter o Congresso sem agir em um plano, vamos pelo menos concordar em parar de expulsar jovens responsáveis que desejam trabalhar em nossos laboratórios, começar um novo negócio e defender este país”.

Durante seu tempo em Washington, o brasileiro ficou durante a manhã com o Chefe de Tecnologia na Casa Branca, Annesh Chopra e o conselheiro em inovação de dados e telefonia móvel Brian Forde.

“Nós trouxemos Mike aqui mais cedo para ouvir sua história e aprender sobre o que ele tem feito e ter o seu parecer”, disse Chopra. “O presidente reconhece e apoia a ideia de que nós precisamos de uma política imigratória que faça sentido na economia de hoje e é por isso que pessoas como Mike Krieger, que escolheu vir para o nosso país, contratar pessoas e aumentar o número de empregados”.

Mas a reforma precisa refletir as mudanças no domínio da tecnologia, disseKrieger. “Um monte de normas foram criadas antes de entrarmos nesta era, onde as pessoas podem começar uma empresa com poucos recursos e fazer as coisas acontecerem”, disse completando que nos dias de hoje as pessoas iniciam uma companhia com menos pessoas e menos investimentos. “É uma questão de descobrir quais normas podem ser atualizadas para se encaixar na realidade de hoje”.

Antes de deixar a Casa Branca, Krieger tirou uma foto sua com a primeira-dama usando o seu aplicativo Instagram, adicionou um filtro e postou na sua conta do Twitter.

 

Reproduzido com permissão e em parceria com a Comunidade News.

 

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz