O ultramaratonista brasileiro Márcio Villar está se preparando para fazer o que nenhum ser humano jamais conseguiu.  No dia 30 de Janeiro de 2012 Márcio participará da Arrowhead 135, uma prova de 217 km em International Falls, Minnesota, um dos lugares mais frios da América, onde a temperatura pode chegar a 40 graus negativos.  É uma das provas de resistência mais difíceis da face da terra.  Mas isso não é um desafio suficiente para ele. 

Márcio quer ir muito além.  Ele já conseguiu completar a Arrowhead 135 duas vezes, apesar de que na primeira tentativa ficou com os pés completamente congelados por não estar usando o equipamento próprio para este tipo de prova, e quase teve que ter os pés amputados. Agora ele quer fazer muito mais, e dobrar essa distância!  Isso mesmo, ele vai tentar fazer o inimaginável e percorrer essa prova duas vezes consecutivas, em um total de 434 Km de distância, em temperaturas de extremo frio.

Em sua tentativa para entrar para o Guinness World Records, Márcio já conseguiu duas façanhas incríveis.  Ele correu 434 Km da Badwater no Vale da Morte, na California, nos EUA, batendo o recorde em mais de 20 horas.  Ele também é o único atleta do mundo a dobrar a Brazil 135.  Agora só falta o maior desafio de todos – dobrar a Arrowhead 135.

Márcio irá correr ao lado de 134 outros competidores, a grande maioria proveniente de países com invernos frios e condições adequadas para treinamento e ambientação para este tipo de prova.  No entanto, no caso do Márcio, ele estará vindo do Rio de Janeiro, em pleno verão.  Para se aclimatizar o Márcio vem colocando os pés e as mãos em um balde de gelo. Mas como se isso já não fosse desafio suficiente, enquanto os seus competidores estarão descansando e se preparando para a prova, Márcio começará a prova logo após já ter percorrido ela toda! 

Os planos dele é sair da marca de chegada 3 dias antes em direção à largada, correndo sozinho, no meio de uma floresta desconhecida e completamente congelada!  Márcio tem 60 horas para terminar este percurso, e vai tentar terminá-lo o mais rápido possível para economizar algumas horinhas de descanso e em seguida fazê-lo todo de novo. 

Restam ainda muitos desafios para serem resolvidos: como obter apoio durante a primeira perna da corrida sem participação dos organizadores da prova; como marcar o caminho com fitas refletivas antes da prova para ele não se perder; como obter os equipamentos necessários.  Sem ter um patrocínio adequado no Brasil, o Márcio está enfrentando tudo isso praticamente sozinho.

O site Brasileiro nos Estados Unidos parabeniza o Márcio por esta demonstração de coragem e superação.  Estamos orgulhosos em ajudá-lo a divulgar o evento e em prover um apoio operacional e de comunicação para que ele possa alcançar essa marca inacreditável.  Convocamos todos os brasileiros, aqui nos Estados Unidos, no Brasil, e em todo o mundo, para torcer pelo Márcio, para que ele possa realizar este sonho.  Nossa prece é que tudo corra bem e que o Márcio possa terminar este desafio com segurança.

Veja abaixo a reportagem da Globo Esporte sobre a última participação de Márcio na Arrowhead 135:

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz