Sobre o(a) Autor(a)

author photo

Nós somos a equipe Brasileiros nos Estados Unidos ponto com. O nosso objetivo é prover uma série de informações e facilidades para a comunidade brasileira nos Estados Unidos e para os brasileiros que querem saber mais sobre a vida nos Estados Unidos.

Veja Todos os Artigos de

Quer Trabalhar nos EUA? Brasil é Quarto em Empregos




É uma grande ironia o fato de tantos brasileiros quererem vir trabalhar nos Estados Unidos, onde a economia continua em recessão e a taxa de desemprego está em torno de 10%.  Essa ironia dá-se ao fato de que o Brasil foi listado por uma pesquisa feita pela consultoria de recursos humanos Manpower, divulgada pela revista Forbes, como o quarto melhor país do mundo para conseguir empregos em 2011.

Além das grandes dificuldades econômicas pelas quais os Estados Unidos estão passando, existe ainda o problema do arrocho da imigração contra imigrantes ilegais que vem se intensificando recentemente como relatamos no artigo Mais uma Decepção Para os Imigrantes Ilegais nos Estados Unidos.

A pesquisa feita pela Manpower incluiu entrevistas com 64 mil profissionais de RH em todo o mundo e resultou em um índice chamado de “perspectiva de contratações líquidas” que soma as intenções de contratar e subtrai as intenções de demitir no primeiro trimestre de 2011.  Muitas das oportunidades aparecem em setores de baixa remuneração, mas também existem várias oportunidades em áreas que requerem profissionais qualificados, como TI e Engenharia.

O Brasil ficou em quarto lugar, somente atrás de índia, China e Taiwan, com um índice de 36%.  Fatores que favorecem o Brasil incluem uma economia em expansão, a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas em 2016.

Será que veremos uma reversão no fluxo de imigrantes com mais e mais Americanos tentando obter empregos no Brasil?  Para nós brasileiros nos Estados Unidos esse seria o cúmulo da ironia.

Compartilhe!






Tem 34 respostas até agora. »

  1. nao concordo quando diz q e uma ironia, o fato de mesmo com a crise e falta de emprego, brasileiros ainda sonhao em viver no usa, pq todos q um dia saiu do brasil para viver em outro pais na maioria nao estavao desempregados, o q falta no brasil nao e emprego e isto todos ja sabem… falta e remuneracao e uma vida digna. um cortador de gramas no usa vivi melhor q muitos advogados no brasil… mesmo com a taxa de desemprego,vale a pena tentar…

  2. Concordo plenamente com Rodrigo…
    De que nos adianta ter muitas vagas de emprego, sendo que maior parte, requerem qualificações que são absurdas. Por ex: Um advogado estuda pelomenos 5 anos em uma universidade, faz 2 anos de estagio, se “ferra” para passar na OAB. Dai, ele vai procurar um emprego e querem experiencia (Detale… “mais de 60% dos Universitarios nos USA, se formam com emprego onde fizeram estagio”, mas no Brasil estagio não conta como experiencia.).
    Chegamos no ponto que mais me indigna, as taxas de imposto no Brasil são rediculas.Por ex: uma Renault Sandero Top é vendido no Brasil por R$44,490,00, na Argentina R$34,860,00, no México R$28,000,00. Ou ex: em um Hyundai Santa Fe GLS Zero nos USA você paga $19,900,00 (R$32,000,00 c/ dolar a 1,64) no Brasil a mesma não sai por menos de R$100,000,00. Donde já se viu pagar de 50 a 70% de imposto em um produto eletronico…
    Qualquer Brasileiro, que nem goste, mas saiba fazer alguma coisa, consegue trabalhar nos USA e viver uma vida que aqui no Brasil seria Quase impossivel. (certo, nossa alimentação e alguns outros fatores são relativamentes melhor. Mas de que nos adianta comer bem, enquanto moramos em beira de rios, Favelas, pagamos 50,60,70,100% de imposto ou juro sobre o que compramos?)
    Sou Max Marcondes, Tenho 19, moro em Curitiba e pretendo este ano, ir morar nos USA.
    Pq me indigno quando vejo um Operario que trabalha 8hs por dia de seg. a Sab, ganha R$1200,00 S/ beneficios (em pé),enquanto um vereador trabalha 6hs por dia de seg. a sex. e ganha até 10 vezes mais C/ XXXXXXXXX Beneficios…..
    Parabéns pelo site.

  3. Rodrigo, Max,

    Realmente existem vários fatores que influenciam a necessidade de emigrar. Um fator que também é fundamental é a questão da segurança. Mas mesmo assim é interessante o fato de que o nível de desemprego no Brasil é menor do que nos EUA e que isso pode eventualmente alterar a questão do fluxo de imigração.

  4. concordo,aqui no brasil trabalhador que ganha salario minino nao e valorizado,se eu pudesse tbm ia morar por la.

  5. Eu entendo o que o Max quer dizer. Mesmo tendo um emprego no Brasil a vida é difícil. A qualidade de vida e conforto que a classe média aqui dos EUA usufrui somente uma minoria no Brasil consegue. Ainda não me acostumei ver pessoas que trabalham de caixa no supermercado andar de BMW e morar em casa com piscinas porque no Brasil isso seria impossível.
    Eu escrevi um artigo no meu blog sobre o preço dos carros que eu acho a maior vergonha brasileira. Durante a pesquisa descobri que uma BMW X5 que aqui se compra por 45 mil dólares custa 464 mil reais no Brasil! Tem cabimento?
    Por este e por outros motivos é que muitos brasileiros deixam o Brasil não somente para morar nos EUA, mas também na Europa, Austrália, etc.
    Sem falar na violência. O Brasil agora é o 6º país mais violento do mundo e o Rio de Janeiro a 4ª cidade mais violenta do mundo. Uma tristeza porque nós, brasileiros amamos o Brasil mas parece que o Brasil, não nos ama…

  6. Brasil= 1- seguranca
    2- infra-estrutura
    3- distribuicao de renda
    tres pontos basicos da minha evasao a 20 anos atraz.

  7. A questão de imigração para os EUA é somente uma. Qualidade de vida e fácil aquisição de bens de consumo e bens supérfluos. Tenho vários amigos que voltaram dos EUA para o brasil por causa da recessão, falta de emprego, etc… e que estão loucos para voltar para os EUA por que não aguentam a desigualdade no brasil. Todos sempre falam a mesma coisa: “Eu nos EUA em recessão vivo melhor que no brasil com a economia em expansão”. Sempre foi assim, quem vai para os EUA para viver não consegue mais viver no brasil e mesmo aqueles que vão somente para trabalhar e vivem vida de cão, quando volta para o brasil também tem dificuldades de readaptação.

  8. Joe, Marcelo,

    Entendo a colocação de vocês. Existem vantagens e desvantagens nos dois lugares, e acho que depende muito da situação pessoal de cada um.

  9. Galera,

    Eu acho o seguindo…
    O Brasil é um bom país pra quem é de classe alta, mas bem alta rs..
    Aqueles que trabalham quando querem sabe… (empresários etc..)
    Agora pra pessoas de baixa renda, o país não presta….
    Pessoas que trabalham 8, 10hrs por dia e ganham uma merda de salário mínimo de R$545,00 que não da pra pagar nem um aluguel, quem dirá, pagar alugel, água, luz, gás e ainda fazer a compra do mês, eu tenho um salário aqui de R$3.000,00 e não consigo fazer nada demais, somente pagar minhas contas, sou casado e tenho 2 filhos, acredito que uma pessoa que ganhe o mesmo salário ai no EUA, consiga viver bem melhor do que eu aqui, em quanto os safados dos políticos e deputados ganham 20, 30mil pra não fazerem merda nenhuma, fora os infinitos benefícios e auxilios que ele teem, os caras ganham um salário desses e ainda não pagam nada, nem o terno que ele usam eles pagam tem auxilio pra isso, é uma vergonha esse país, pra aumentar o salário mínimo em R$20,00 reais demora meses e ainda brigam pra que isso não ocorra, agora pra aumentar o salário deles, eles se reunem e em 30 minutos eles aumentam o salário deles em 80,90 e até 120% e pronto, trabalham 10 anos e ja podem se aposentar, com o mesmo salário, enquanto o povo precisa morrer de trabalhar, pra quando estiver com 65 anos, tentar se aposentar ganhando essa merda de salário, eu fico p%#$* da vida com isso eu moro no brasil ainda infelizmente, morro de vontade de ir para o EUA também, se eu tivesse a oportunidade… é isso ai pessoal descupem o desabafo rss…

  10. Eu já visitei os EUA em 2009 por 1 mês. Quando voltei ao Brasil foi difícil me readaptar. Quase entrei em depressão. O que é ruim é fácil de esquecer. Depois de provar picanha, ter que comer merda e complicado. Tenho 4 primos nos EUA. Todos cidadão americanos. Dois são fuzileiros navais (MARINES), um é empregado comum e uma é cirurgiã Dentista (esta não tenho contato ha anos). Os militares me ofereceram casa p/ ficar na Flórida, mas estou com muito medo de ir p/ um pais em recessão com um visto de turista p/ tentar a sorte. É uma dúvida cruel e impiedosa. Eu gostaria de conversar com alguem que mora nos EUA p/ poder esclarecer minhas idéias.

  11. Puxa vida, este assunto é complicado e muito polemico.
    Também já trabalhei (legalmente) nos EUA e viajo com freqüência para lá, tanto a turismo quanto a trabalho vivenciando muitas novas experiências e discordo quando dizem que é fácil viver por lá.
    Mesmo os americanos precisam dar o sangue para ter uma vida digna, alguns com dois ou mais empregos. Tem muito Brasileiro q vai aos EUA e dá o sangue também, mas acham que só porque conseguem comprar um carrão, uma Tv LCD e um I-phone estão felizes da vida, isso é a ilusão dos EUA, o tal consumismo.
    Lembrem-se que nos EUA não tem FGTS, nem férias (não como as nossas, pelo menos, de um mês logo no primeiro ano de trabalho, e mais 1/3…)
    Para se ter uma moradia segura e oficial nos EUA tem q se pagar muitos impostos também, além dos seguros, e isso só pode fazer quem está legal.
    Curiosamente os preços de moradias próximos as a boas escolas também é altíssimo (é, existem escolas ruins por lá também). E não se pode matricular o filho em escolas distantes, portanto o preço da casa é regido pela proximidade de boas escolas.

    Isso tudo é pra quem vive legalmente, claro, pra se viver na ilegalidade também se ganha dinheiro aqui, e muito, não me perguntem como, é só ver nas ruas…

    Infelizmente existem pesquisas que mostram que o Brasileiro está melhorando de vida, eu não vejo isso desta maneira não, mas os números indicam melhoras em todos os campos. Mesmo um carro custando uma fortuna por aqui o Brasil bate recordes atrás de recordes de venda e produção, portanto como vamos medir a pobreza do nosso povo?
    Um celular custa cara pra caramba aqui e mesmo assim o Brasil é um dos maiores consumidores do aparelho no mundo, pode isso prum povo dito pobre e sofredor como a gente?
    E os apartamentos? Esta uma expansão imobiliária incontrolável onde quer que se vá se vem obras e não se encontram profissionais.
    Concordo que os preços altíssimos de carros no Brasil, mas como é que se vai explicar que tem fila de espera para comprar um camaro que custa umas 3 vezes o preço dos EUA?
    Se ninguém comprasse os bens de consumo vendidos aqui, nem saísse pra balada, nem lotassem as estradas nos feriados, etc, daí sim poderíamos falar que o nosso pais é “pobre”, mas infelizmente não conseguimos provar isso em números absolutos…
    É complicado pra caramba!

  12. Marcelo, Rafael, Luiz Carlos,

    Obrigado por compartilhar suas perspectivas. Realmente é um assunto polêmico, o que torna o papo mais interessante.

  13. Eu também não concordo com a matéria publicada acima. No Brasil pode até ter mais ofertas de empregos do que nos EUA mas isso é passageiro (como já se diz: “e para a Copa e Olímpiadas…”) e não vejo vantagem nenhuma em continuar trabalhando aqui. Trabalha-se muito, ganha-se muito pouco e não temos nem o direito de ter um carro melhor (porque é muito mais caro e você ainda corre o risco de ser assaltado) Só para ter uma idéia, um Chevrolet Malibu custa US$ 25 mil. Já aqui…
    Por isso, eu prefiro mil vezes ir para os EUA, mesmo que seja para ser atendente de hotel, do que ficar aqui se matando para trabalhar e não ganhar nada.

  14. Luiz Carlos, gostei do seu comentario, mas uma coisa que me deixa mais intrigado ainda, é que o povo brasileiro, quer ter o celular a viajem e o carro do momento mas nem consegue pagar suas dividas, parcelam um iphone em 12 parcelas, ou um carro em mais parcelas absurdas, o consumo do pais nao se deve ao fato de que todos conseguem comprar as coisas, se deve ao fato de que o brasileiro esta achando mais parcelas para se pagar prolongando assim o pagamento, se compra todos moveis da cozinha vc tem anos pra pagar (e la vem mais juros em cima de juros ) a ilusao de que 24 “parcelinhas” de 34 reais pra se comprar um iphone ilude todos os consumidores, voce ve a pessoa mais pobre nem tem o que comer e ainda quer comprar um celular apenas pra aparentar status, e ai a pessoa deixa de pagar um convenio pra sua saude, para comprar tal celular, enfim, não é exagero é a realidade.

    Ainda tentarei morar la talves esse ano

  15. unico sistema que nao mudaentre povos nacoes e tribus e ate mesmo familiar e a cultura, a cultura do brasil e essa nao muda, a cultura american onde vivo e esa nao muda enfim

  16. SINCERAMENTE CONCORDO COM O SR. LUIZ CARLOS. SOU PAULISTA E MORO NOS STATES A + DE 10 ANOS. O Q O POVO BRASILEIRO DEVE TER E’ VERGONHA NA CARA E PROTESTAR PRA VALER. O Q REALMENTE ACONTECE EM PAISES DE PRIMEIRO MUNDO E ISSO. UMA PROTESTA COM SENTIDO JUSTO DE BOTAR ORDEM NO LUGAR. REALMENTE COMPRAR CARROS Q SAO FEITOS NO PROPRIO PAIS PAGANDO MAIS CARO DO Q NO PAIS Q O MESMO ESTA SENDO EXPORTADO E CRUELDADE E DESRESPEITO DO GOVERNO BRASILEIRO COM O SEU POVO!!! BRASILEIROS, TODOS PAISES SEM DUVIDAS TEM SEUS CONTRAS E FAVORES +, NO BRASIL AS COISAS JA PASSARAM DOS LIMITES A A MUITO TEMPO. VIDA DIGNA E’ O Q O POVO DO BRASIL TEM Q TER, AFINAL O NOSSO EX PRESIDENTE E A ATUAL PRESIDENTE ESTAO SEMPRE SE GABANDO DO SUCESSO DA ECONOMIA BRASILEIRA. AONDE ESTA AS MUDANCAS P/ POVO BRASILEIRO ENTAO??? SUPOSTAMENTE O BRASIL TEM LIVRE COMERCIO COM O MEXICO (IMPORTACAO E EXPORTACAO SEM IMPOSTOS), ENTAO PQ PAGAR ATE 3 X MAIS PELO MESMO CARRO Q E FEITO NO MEXICO. ACORDAM E REALMENTE A VIDA E ESSA, INFELIZMENTE SO QDO SE VIVE FORA DO BRASIL, E’ Q PODEMOS VER O QTO SENTIMOS FALTA DA NOSSA TERRA, MAIS E MUITO BOM ESTAR LONGE DAS PESSOAS Q NOS (POVO) COLOCAMOS PRA GOVERNAR ESSA NACAO TAO LINDA. PROXIMA ELEICAO, PENSE MIL VEZEZ ANTES DE VOTAR ( POR FAVOR, NAO + PALHACO(TIRIRICA) NA POLITICA BRASILEIRA. CHEGA DE PALHACADA). NAO SEI SE HA, TEM IMPECHMAN PRA PRESIDENTE, DEVERIA TER PRA ESSE TIPO DE POLITICO TB!!!! OBRIGADO PELA SUA ATENCAO.

  17. Eu Moro nos USA e tenho minha filha no BRASIL e minha familia, tenho muito medo de voltar para o Brasil depois de ler este site mais medo ainda mim da. Mas ja nao posso viver sem a minha filhinha, eu nunca tentei trazer ela porque que sempre pensei em trabalhar e voltar para casa, mas hoje tenho 6 anos aqui nao vivo maravilhosamente, mas melhor que no Brasil. O que vcs acha que eu devo fazer? um conselho porfavor.

  18. Ivana,

    Essa é uma questão muito pessoal que só você pode decidir.

  19. Moro no Panama fazem 4 anos aqui se pode comprar oque voce quer, ganho 900 dolares por mes tenho um Audi TT pago meu apto terminei minha faculdade, fui para miami 3 vezes e sempre que vou para la me da vontade de ficar para sempre, pude comparar oque faz a diferenca la, aqui no Panama posso comprar tudo mas nao compro a qualidade de vida, de voce ir em um lugar e ser bem atendido, de poder levar sua namorada pra jantar num lugar bacana as vezes, viajar , conhecer outros lugares, a seguranca, o transito onde as pessoas se respeitam eu morro de saudades da minha familia e amigos, mas infelizmente vivemos num pais onde voce se mata para ter pouco, ha pessoas que conseguem se destacar uns 3% da populacao.
    consegue ter um carro importado um apartamento, se essa pessoa morasse fora com essa capacidade compraria uma mansao e um carro mt foda.
    Ja cansei de impostos de vor tudo vindo do paraguay porque os FDP do governo querem proteger a merda do produto nacional, se querem competir com produtos importados de igual para igual que melhorem a qualidade inves de aumentar os impostos de produtos extrangeiros.
    Quero ir para os EUA para Miami, quem souber de algo e puder me ajudar, por favor. Tenho passaporte europeu mas prefiro Florida que europa. planetadell@gmail.com

  20. A diferenaça é simples, equanto aqui muitos formados ralam para entrar em um serviço publico, nos Estados Unidos, se estuda para dirigir empresas, abrir negócios. Esta é a motivação de muitos que para lá vão. Assim como outros compram imóveis atualmente para descansar, viver mais seguro em Miami, o custo de vida pode ser alto, mas se vive bem, melhor que no Brasil isso para os que aqui tem negocios, poder viver entre ai e nosso pais é so vantagem.

    Minha visão é de que a segurança, capacidade de geração de riqueza, tranquilidade e poder viver melhor com a dedicação faz diferença. Sei que o Brasil é lindo, maravilhoso, mas não é isso que faz eu satisfeito, sim oportunidade, sim possibilidade de ganhar e poder utilizar bem meu dinheiro. Acho que muitos hoje pensam mais no ponto custo imposto, segurança, tranquilidade de criar filhos melhor.

    Cada caso aqui é um caso, mas vale descobrir se o mundo vale a pena, vontade e dedicação trazem só alegrias a todos, se um lugar é melhor para isto, então só vai trazer mais e mais opurtunidade.

  21. Tenho 16 aninhos.mas já penso em sair do brasil daki a um tempo,ir em busca de oportunidades melhores,porém vou estudar bastante e adquirir uma qualificação importante pra seguir pra lá,amo o EUA

  22. Eu ia achar pouco para os Americanos que pensa somente no bem estar deles!!!!!
    mais o que me dá raiva é que o brasileiro é muito deslunbrado com os norte-americanos e para os americanos é facil até de mais para ele virem aqui eu tenho certeza que se agente do Brasil arrochasse ea entrada deles aqui !!!!!!!! as coisas iam mudar de rumo!

  23. Pesquisa é uma coisa que engana muito. Quem vive no Brasil sabe muito bem que na prática não é assim.
    A vida aqui é muito difícil para quase toda a população, tirando uns 10 % de privilegiados no máximo.
    Salários baixíssimos, impostos exorbitantes aliados a um custo de vida caríssimo.
    Pra piorar ainda temos sérios problemas de segurança, educação, saúde e a crônica corrupção entre outros inúmeros problemas.
    O Brasil é um país sucateado, com serviços públicos de péssima qualidade, a despeito dos altíssimos impostos.
    Junte-se a isso um povo na maioria com baixo nível cultural e alienado que só dá importância pra futebol, carnaval e coisas assim, deixando o caminho livre para os ladrões agirem na política.
    O governo se gaba da classe média que está aumentando, que na verdade nada mais é que famílias saindo da miséria e se endividando pra comprar bugigangas e carros ultrapassados com número de prestações a perder de vista.
    Essa suposta “classe média” na verdade se classifica como pobre em qualquer outro país, basta verificar a renda.
    Aqui no Brasil o que se percebe é que se trabalha muito e não se vê resultado, aqui era um país de oportunidades no tempo dos nossos avós, agora infelizmente não é mais, não dá condições pra quem quer trabalhar. Só tem duas opções : 1-quem tem dinheiro aplica no mercado financeiro; 2-quem não tem vai ser funcionário público. Quem quer progredir trabalhando deve deixar o país.
    Somos um país comunista travestido de democracia, temos vários sinais disto : aqui o voto é obrigatório, numa democracia legítima o voto é um direito, não uma obrigação; A carga tributária é absurda, isto porque temos que carregar nas costas um setor público enorme, cada vez maior, que não produz nada, pode-se dizer sem exagero que somos todos funcionários públicos, trabalhamos pro governo, pois são tantos e tão altos os impostos; Governo paternalista não dá condições de se ter uma vida digna, em consequência cria uma série de “bolsas esmola”; Máquina estatal agigantada e extremamente burocratizada, só pra citar alguns sinais.
    Nossa sociedade está pelo menos 100 anos atrasada em relação aos EUA, com tantos problemas gravíssimos e com governos corruptos e incompetentes, infelizmente o Brasil nunca vai ser um país de primeiro mundo, pois aqui não importa o partido que ganha as eleições, as coisas nunca mudam.
    Pelo exposto acima da pra ter uma idéia do por quê as pessoas querem ir pra um país melhor pra se viver, com mais qualidade de vida, mais oportunidades, onde não sejam exploradas por um governo cada vez mais ganancioso.

  24. Eu concordo que depende muito da situação de cada brasileiro, ter ou não uma vida melhor nos EUA, mais acredito que a condição de vida é bem melhor lá, um simples empregado em USA ganha muito mais que um profissional no Brasil.
    Sou formada em pedagogia e POR FAVOR PRECISO SABER SE O DIPLOMA COMO PROFESSORA NO BRASIL TEM O MESMO VALOR QUE NO EUA??????????
    ou seja se eu viver legalmente em USA e ter conhecimento em inglês posso trabalhar como teacher, ou é obrigatório ser formado lá também, além de estar sempre estudando, claro! Professor não pára de estudar.
    Se alguém que esteja lendo este comentário e tenha algum conhecimento a este respeito, POR FAVOR me responda.

  25. Cristiane,

    Os requerimentos para atuar como professora depende de vários fatores, tais como escola particular vs. pública, nível (primário, secundário, universitário), do estado onde você mora, etc. Provavelmente você precisará de uma pós-graduação nos EUA.

  26. Bom!!! Depois de ler todos esses comentários tirei uma breve conclusão: “Quase” todos os brasileiros que vivem aqui e querem morar nos EUA, não gostam do Brasil basicamente pelos mesmos motivos que eu.
    Sem valor profissional, a corrupção, os salários baixos, etc… Eu estou com várias ideias de viver fora do país, tanto na Europa quanto nos EUA. Porém acho que agora não seria o momento, a crise internacional que tanto afeta os países desenvolvidos pega pra valer. Tenho um amigo que mora em lowell,MA que me disse que as coisas (em geral) estão muito caras lá, por isso não se consegue ajuntar muita grana. No meu caso, não quero ir lá pra ganhar dinheiro e vir embora, eu gostaria de começar uma nova vida nos EUA, sou novo praticamente e não tenho filhos, então não tenho nada a perder. Se alguém (que more nos EUA) possa me aconselhar e me dizer um jeito de conseguir um emprego ai, por intermédios que não sejam ilícitos (que não queiram me ganhar rsrs) por onde começar aqui no Brasil? Sou Técnico operador de áudio, mas meu sonho é ser caminhoneiro nos EUA, mas claro que tudo é valido, e um sonho se alcança degrau em degrau.

  27. Cara amiga Aline Morais, você pode estar iludida em alguns aspectos. Os brasileiros não são “deslumbrados” ou “encantados” pelos americanos, os brasileiros, como qualquer ser humano, desejam ser bem tratados, e nos EUA a sensação de bem-estar é bastante sensível e significativa, quando no Brasil deixa muitíssimo a desejar. Quanto a arroxar a entrada de americanos no Brasil é mera ilusão, pois eles possuem dinheiro para viajar o Globo Terrestre, sendo assim, a proibição de sua entrada aqui no Brasil seria algo desprezível. E mais, os americanos quando vem ao Brasil não é para procurar emprego e viver melhor, isso é evidente, é para passear, e com todo cuidado para não serem assaltados ou voltarem aos EUA em um caixão mortuário. E quando veem ao Brasil, não chegam ilegalmente, atravessando as fronteiras brasileiras, como imigrantes ilegais, chegam com seus passaportes em dia e não provocam arruaças, badernas, confusões, envolvimento com polícia local, homicídios e afins como a grande parte de brasileiros que põe seus pés nos EUA. E, os americanos não pensam somente no bem-estar deles, entretanto, coloquemos assim essa questão: se os brasileiros penssassem no bem-estar deles como os americanos, segundo você, pensa somente no deles, estaríamos bem melhor, pois americanos, como qualquer outra nação, não podem pensar no bem-estar da humunidade, cada um tem que cuidar de suas nações. Algo que o Brasil não faz.

  28. “Será que veremos uma reversão no fluxo de imigrantes com mais e mais Americanos tentando obter empregos no Brasil? Para nós brasileiros nos Estados Unidos esse seria o cúmulo da ironia.”

    Amigos, convém lembrar que os americanos são excepcionais dirigentes e administradores, não é debalde que conquistaram o mercado mundial, algo que Napoleão, Hitler e Mussolini não conseguiram realizar. E, surpreendentemente, se o fluxo de americanos aumentassem no Brasil, seria algo muito bem-vindo, pois onde esse povo põe seus pés faz as coisas andarem para melhor mais rapidamente. Eu torceria por isso. Pois, são povos progressistas e éticos, inverso do povo brasileiro.
    Um dos grandes segredos dos americanos não ter férias, como alguns dizem, é porque a motivação para o trabalho e a sensação de prazer em trabalhar com estupendos incentivos da vida, os fazem não parar, nunca se cansam. Sempre produzem, inventam e criam, inclusive até para amenizar problemas da huminidade em muitos sentidos, como: computadores, tabletes, programas de computadores e milhões de inventos que hoje apoiam o homem. Outros, vão retrucar: “Mas os americanos somente vivem em guerras e inventam armas!” Ora, quem é excepcional no que faz, será sempre alvo de inveja, calúnia, infâmias e algo mais, sendo assim, precisam se defender – e bem.
    Enquanto, falam mal dos americanos e europeus, eles nem percebem que falamos pessimamente deles, mas enquanto isso, vivem uma vida de Paz Social, onde regras sociológiacas são bem aplicadas causando uma sensação fantástica de prazer em viver. Enquanto na América Latina, a Morte Social reina com todo requinte de crueldade.
    Os amaricanos são experts em sair de crises, pois a cultura deles é bem organizada, principalmente na área de finanças. Se você não sabe, um excelente estrategista pode provocar crises para daqui a algum tempo vir a ganhar. Então, enquanto pensamos que “fulano de tal” está em crise e nunca mais levantará, você pode estar enganado, pois os excelentes estategistas financeiros podem provocar crises mundiais para lá na frente lucrarem ainda mais. Enquanto isso, países emergentes pensam, repitam pensam, estar na vantagem econômica, arrotando aquecimento na econômia. Convém, recordar que quem é rei jamais perde a sua majestade! Porém, quem nunca foi rei, o que tem a perder? Pois, nunca ganhou.

  29. Bom dia a todos!
    Aqui continua a mesma….morei ai e estou aqui, mas isso aqui não
    muda, pode se tornar a maior economia do mundo, mas a população vai se ferrar….é uma questão de cultura de exploração, o comércio em geral esta muito ruim.. as pessoas individadas e super preocupadas de como vão pagar as contas segunda feira….sempre preocupados a mesma, uma minoria… industriais de exportação e grandes agricultores,banqueiros, politicos corruptos…etc explodindo de ganhar dinheiro,como dizia Tom jobim…ai é bom mas é uma M aqui é uma M mas é bom..
    vai entender! abraços e fiquem firmes….

  30. moro aqui nos estados unidos, nao entendo porque todo mundo diz que aqui a vida e otima alias foi ouvindo essas conversas que vim paraR aqui rs..moro em uma cidade que tem muito imigrante a maioria nao tem uma vida otima trabalham muito para ter dinheiro para pagar as contas nao conheco ninguem bem de vida aqui,basta ver as estasticas que mostram que a maioria dos que imigram vivem na pobreza somente uma minoria consegui alguma coisa

  31. Acho que chegou a hora de desmitificar essa onda de gente que quer a todo custo ir para os Estados Unidos achando que vao se dar bem. A vida do trabalhador americano ou qualquer outro imigrante e dura. Rala-se muito pra pagar as contas. O salario,de forma geral,e baixo. E nao existe aquela coisa do atendimento hospital publico “de gratis”. Tem que ter plano de saude! Acorda galera e segura a onda no Brasil mesmo. Melhor pais para arranjar empregos e trampos !

  32. Olá,
    Eu gosto muito do meu Brasil. Já tive a experiência de sair e dar graças a Deus de voltar. Porém fui viver em dois paises “fim de linha”, Paraguay e Bolívia. Lá é uma cultura atrasadíssima em muitos aspectos. Países com tradição de corrupção. O “China” falsifica os produtos e o povo fala “é do Paraguay”. rsrsrs Toda merda que entra no Brasil, tipo droga e armas vem desses dois lugares principalmente. Lá não se respeita lei, não há garantia de nada, vamos no supermercado é tudo bagunçado. Tem muita coisa importada, mas a maioria de contrabando e mercadoria roubada, todo mundo lá comenta isso. Na Bolivia, em Sta. Cruz de la Sierra é uma chuva de produto americano, eu acho é ótimo. Melhor que as coisas de lá.
    Quanto aos EUA, nem há comparação, as crianças vão pra escola e lá são ensinados a como ser Cidadãos e a defender seus direitos de cidadão. São ensinados a amar o país e ter orgulho dele. Vemos em todos os lugares os mais imprevistos possíveis, uma bandeirinha dos EUA. Lá vc compra algo não gostou, dentro do período certo, eles devolvem o produto e tem o dinheiro de volta, eles se preocupam com qualidade e excelencia. Sabem quanto estão pagando de impostos. Aqui no Brasil, de vc vê 40% de desconto em algo, pode desconfiar, pois ou ja ta quase estragado ou já imbutiram o desconto no preço e depois dão um falso desconto que na verdade sai mais caro que o preço normal é só fazer as contas. Aqui no Brasil, fazemos festa quanto tem feriado. Nos EUA no feriado, ser não ta trabalhando não ganha. então é prejuízo. Aqui disseram que tem emprego sobrando. Mentira, isso é número e estatística, cadê? Ainda não achei um. Os que tem, pedem coisas absurdas. Eu tenho ensino superior, falo 2 idiomas fora o portugues que procuro melhorar a cada dia. Fiz cursos até na FGV, e cadê o emprego? Não tenho experiência, tá aí o problema. Mas enquanto um não me der a primeira oportunidade não terei isso nunca. Estagio não conta. Serviço público virou uma mina de arrecadação para os cofres publicos e para os cursinhos. Hoje vc concorre com gente com doutorado em cursinho, ta quase impossível. Não tô reclamando, só constatando. Esse ano me caso, por coincidência com um americano que conheci aqui, pessoa simples, trabalhador de lá. E por tudo que conheço dele e do que ele me conta, lá a vida é dura, não é fácil nem pra eles. Mas tem que trabalhar. Tem que ralar de verdade. Tem que aprender a economisar. Trabalho lá tem de sobra. Mas são trabalhos simples e braçais, mas que muita gente não quer fazer, eles lá tem um pouco de orgulho. então contratam quem tem coragem de fazer. Como alguém acima disse que um cortador de grama lá ganha bem, aqui no Brasil, coitado, passa fome, dependendo do caso.
    O povo tem que entender que EUA é pra quem não tem preguiça. Ta ruim? Mas ainda ta melhor que aqui. Basta entrar nos classificados daqui e de lá. No daqui vejam as exigencias para um emprego que pague bem. A cultura do Brasil é carnaval, praia e futebol. É ótimo, mas pra turista. As escolas aqui tem que mudar, a educação tem que mudar a mentalidade do brasileiro.
    Nós precisamos realmente cobrar serviço dos politicos e melhorar “de verdade” nossa situação. Temos muita coisa em vantagem em relação aos EUA, mas custa muito caro, custa os nossos impostos nos bolsos dos politicos, custam muito mais do que pensamos. Precisamos mudar nossa imagem, de Samba, praia, mulher pelada, e turismo sexual. Não se assustem, mas é isso que dizem lá fora de nós.
    Precisamos acordar. E EUA ainda vale a pena…

  33. Moro nos EUA a mais de 25 anos. Teno familiares no Brasil e sinto saudades. Mesmo assim, quando vou ao Brasil sinto alegria imensa ao voltar para casa aonde as vezes esqueco de trancar as portas. Me assusta muito o desrespeito coletivo dos brasileiros pela vida e propriedade alheias. O problema no Brasil e falta de educacao e classe o que nao se resolve com a obsessao por marcas famosas, carros, celulares e laptops. O Brasil e’ o pais naturalmente mais rico do mundo com um povo pobre de espirito…que lastima.

  34. Li vários relatos por aqui e são bem interessantes. Eu morei no Paraguay e não o vejo como um país pobre e todo errado como descreve Edy, pois o país não resume a cidade de fronteira. A capital é ótima para se viver, tendo acesso a educação, imóveis e veiculos baratos e não necessariamente tudo seja roubado ou falsificado.
    Morei nos USA no começo deste ano e trabalhei como baby sitter, cabeleireira (profissão que atuo no Brasil). Foi uma experiência ótima que pretendo repetir em breve, se Deus quiser. O que notei foi uma generosidade mto maior do brasileiro um com o outro, no quesito gorjetas ou indicações para trabalhos. O problema não é somente o povo, mas a falta de cumprimento e fiscalização das leis. Pois como que pode um brasileiro respeitar as leis nos USA e não respeitar em seu país? Porque lá fora eles sabem que se bobear vai sair um policial da moita pra multa-los, mas no Brasil “ninguem” ta vendo. Falta consciência, educação mas se houvesse maior rigidez nas regras, o povo aprenderia na marra.

Responda

Para mostrar sua foto automaticamente com o seu comentário cadastre-se no site www.gravatar.com com o mesmo email usado abaixo. Use a Tradução Google se você tiver dificuldades com o inglês.
Proibido para menores de 16 anos - comentários serão deletados.