Os brasileiros que viajarem para os Estados Unidos, principalmente com o objetivo de compras, devem ficar atentos, pois o número de turistas do Brasil furtados nos EUA vem aumentando significativamente. O Consulado-Geral do Brasil em Miami tem registrado, com frequência, relatos de viajantes brasileiros que tiveram pertences e até documentos furtados na terra do Tio Sam. De acordo com dados do consulado, no ano de 2011, foram reportados 126 casos de furtos. Em 2012, 117 casos, e, em 2013, 224 ocorrências, entre elas, algumas que envolviam até todos os membros de uma mesma família, em um total de 410 pessoas furtadas.

Este ano, até o dia 23 deste mês, 223 brasileiros, em 119 ocorrências, relataram ao Consulado-Geral terem sido vítimas de furto na Flórida, nas seguintes localidades: Miami (29%), Orlando (26%), Miami Beach (10%), Sunrise (8%), Doral (7%) e Aventura (6%). Do total de vítimas, 133 tiveram seus veículos arrombados.

Os lugares em que furtos ocorrem com maior frequência são aqueles de grande concentração de pessoas, como parques temáticos e atrações turísticas, hotéis e grandes centros de compra. Neste último caso, são comuns as ocorrências em que cidadãos brasileiros têm furtados seus pertences deixados dentro de veículos de aluguel, estacionados ao ar livre ou em estacionamentos pagos.

No dia 19 deste mês, por exemplo, o casal de brasileiros Nathalya Bucher e Igor Decale tiveram um prejuízo calculado de aproximadamente R$ 3,5 mil, após o roubo dos pertences no Disney All-Star Sports Resort, hotel que fica dentro do complexo de parques. As compras feitas pelos dois turistas durante os sete dias, que estavam no local foram, levadas por assaltantes.

Em nota, o Consulado-Geral do Brasil em Miami informou que procura prestar solidariedade e as tempestivas providências em favor dos brasileiros envolvidos nessas ocorrências, e que os números de furtos registrados indicam que “a incidência é pequena em face do volume absoluto de visitantes brasileiros na Flórida – a saber: 1,5 milhão de turistas brasileiros em 2011; 1,6 milhão em 2012; e 1,7 milhão em 2013; segundo dados da ‘Visit Florida’ – organização de natureza público-privada vinculada ao governo estadual. Ademais, as autoridades policiais locais e as instituições dedicadas ao turismo têm ostensivamente envidado esforços para atender de maneira adequada os brasileiros vítimas de furtos”.

O Consulado-Geral alerta ainda que “as principais vítimas de furtos são aqueles brasileiros desatentos, que não se preocupam com a questão. Nesse contexto, o Consulado-Geral recomenda que o turista brasileiro seja precavido, a fim de diminuir suas chances de envolver-se em episódios semelhantes quando de sua estada na Flórida”.

Fonte: Beto Moraes

 

Deixe um comentário

1 Comentário em "Todo Dia um Brasileiro é Furtado na Flórida"

avatar
Gleiton
Visitante

“hotel que fica dentro do complexo de parques. As compras feitas pelos dois turistas durante os sete dias, que estavam no local foram, levadas por assaltantes” Os assaltantes invadiram o quarto ?

wpDiscuz