Brasileiros Buscam Chance em Universidades Americanas Através do Futebol

Fonte: Comunidade News

Brasileiros sonham em seguir carreira esportiva, mas diploma de universidade é garantia de futuro de muitos deles.

O futebol, ou o “soccer”, como é chamado pelos norte-americanos, nunca foi o forte nos EUA. A principal competição nacional, a Major League Soccer (MLS) ainda não vingou. Mas o país desperta o interesse de muitos brasileiros. Além de receber salários em dia e viver bem, outro atrativo chama a atenção dos atletas: a necessidade de ingressar nos estudos para ter espaço nos times de base.

A estratégia é clara: se o atleta não vingar como jogador profissional, ele terá oportunidade de seguir carreira em outra profissão com diploma na mão.

É o caso de Paulo da Silva, 28 anos, que passou por todas etapas como atleta universitário e chegou fazer pré-temporada no Dallas FC. No entanto, dores crônicas no púbis encurtaram a carreira de Paulo, que acionou seu “plano B”: trabalhar com economia e finanças, diploma obtido após estudar gratuitamente enquanto defendia times da high-school.

Já o meio-campista do Dallas FC, o brasileiro Bruno Guarda, 26, conseguiu acesso à principal liga do país, Ele ainda concilia estudo (pago pelo clube) e futebol, restando um ano para se formar. Hoje ele se vê em situação confortável nos EUA. Há três anos no profissional americano, o jogador sonha defender o XV de Piracicaba, clube onde começou, mas conta que dificilmente deixará a Liga dos EUA até o fim da carreira. Não vale apostar no incerto, diz.

“Acho muito difícil alguém sair da MLS, porque eles oferecem todas as condições possíveis. No dia exato cai o dinheiro na conta. A estrutura é excelente. Tirei o green card recentemente, e sei que se um dia encerrar a carreira, poderei ter outra profissão, porque estou próximo de me formar. Aqui eles investem na gente”, declara Guarda, vice-campeão da MLS em 2009.

O santista Fábio Joaquim, 31, tentou ser profissional no Brasil. Chegou a treinar no Botafogo-PB, mas reprovou a estrutura do clube. Pouco depois, e se inscreveu em um programa de caça talentos do futebol na Califórnia, em 2005, conseguindo bolsas e ajuda de custo até chegar a Naia, espécie de competição colegial norte-americana.

A ideia de atuar na Major League não vingou, mas Fábio concluiu os cinco anos de faculdade de contabilidade e atualmente trabalha em um banco no Texas.

“O colegial americano que cede atletas para o profissional. Isso faz com que todos os atletas tenham uma base muito boa. E eu jamais teria como pagar uma universidade nos Estados Unidos e ainda me sustentar aqui. O esporte me deu essa chance. Vivi com o futebol nos EUA até os 27 anos, e hoje trabalho com finanças”.

 

Reproduzido com permissão e em parceria com a Comunidade News.

 

 

Comunidade News

Comunidade News é um jornal voltado à comunidade brasileira em Massachusetts. Comunidades News tem uma parceria com Brasileiros nos Estados Unidos pela qual temos permissão para reproduzir o conteúdo abaixo.

7
Deixe um comentário

avatar
7 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors
Kaique MoisesVitor Santana AlvesAlexandre GabbiaRedação do site Brasileiros nos Estados UnidosJonatas Recent comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Redação BNEU
Admin

Kaique,

Entre em contato direto com a USC-LA para indagar sobre o que você necessita.

Kaique Moises
Visitante
Kaique Moises

Olá,
meu nome é Kaique, tenho 18 anos e sonho em estudar nos Estados Unidos. Jogo futebol americano e gostaria de saber o que posso fazer para conseguir ser um “athlete and student” lá. Gostaria de estudar na USC – LA.

Obrigado.

Redação BNEU
Admin

Vitor,

Qual a sua pergunta?

Vitor Santana Alves
Visitante

Oi. Tenho 17 anos, ano que vem faço meus 18 e tenho sonho em estudar nos USA. Talvez seja um pouco diferente essa pergunta mas peço que a responda. Não jogo futebol, eu jogo Futebol Americano a 1 ano, e sei que sou bom jogador, faço parte de um time que joga a liga profissional nacional de futebol (Touchdown), segue o site em (Website), meu sonho é cursar uma boa faculdade nos USA e jogar futebol Americano lá, sei que não é difícil, mas conheço brasileiros que já conseguiram e chegaram a se tornar estrelas da NCAA que é a… Read more »

Alexandre Gabbia
Visitante
Alexandre Gabbia

Olá.
Tenho 17 anos, faço 18 em março de 2013, será que consigo entrar em um time assim nos Estados Unidos? E como eu faria pra conseguir?

Redação BNEU
Admin

Jonatas,

Existem algumas empresas que se especializam em ajudar pessoas que querem jogar no exterior, como essa: http://esportenoseua.com/
Você pode também fazer sua própria pesquisa e indagar direto com as universidades nas quais você está interessado.

Jonatas
Visitante
Jonatas

Oi, como faço para me inscrever num desses programas para jogar.