Fonte: Comunidade News

Medida visa distanciar a Califória de estados como Arizona e Carolina do Sul no tratamento dos imigrantes indocumentados.

O estado da Califórnia está se firmando como um dos mais simpáticos com os imigrantes indocumentados no país. Depois que suprema corte decidiu manter parte da lei do Arizona, os legisladores da Califórnia estão indo em sentido inverso ao propor uma lei que proíba os policiais locais de chamarem a imigração para as pessoas presas, a menos que se trate de condenados por crimes graves.

O senado estadual, de maioria democrata, aprovou por 21 contra 13, o Trust Act. A lei impede que os imigrantes indocumentados presos pela polícia sejam entregues para agentes da Imigração a menos que sejam procurados por crimes graves.

“O voto de hoje mostra para a nação que a Califórnia não suporta ser outro Arizona”, disse o democrata Tom Ammiano, que foi um dos autores da medida.

“A lei também limita as prisões injustas e onerosas para deportação em cadeias locais de membros da comunidade que não representam ameaça para a segurança pública”, completou ele.

A lei tem o suporte de cerca de 100 grupos de defesa dos imigrantes, chefes de polícia e prefeitos. Ela já passou na assembleia, também controlada pelo democratas onde recebeu 47 votos a favor e 26 contra, mas deve voltar para o segundo turno após o recesso de verão.

A medida busca criar um modelo nacional para ir contra o que os seus criadores chamam de racismo, herdado em parte pela lei do Arizona. Se a lei for implementada, a Califórnia se distancia não apenas do Arizona, mas também do Alabama, Geórgia, Indiana, Carolina do Sul e Utah, que adotaram leis duras contra os imigrantes indocumentados nos últimos dois anos.

No dia 25 de junho, a corte superior manteve a maior parte da controversa lei do Arizona que exige dos policiais checarem o status imigratório das pessoas paradas, mesmo que por ofensas menores.
Oponentes argumentam que a lei do Arizona pode levar a discriminação racial dos hispânicos e latinos no estado enquanto os seus defensores dizem que ela é necessária porque o governo federal falhou em proteger a fronteira com o México.

Comunidades Seguras
A lei da Califórnia também busca impedir o programa federal chamado de Comunidades Seguras, que os defensores da lei da Califórnia dizem ser semelhante à lei do Arizona.

O ICE (a polícia da Imigração) implantou o programa Comunidades Seguras em parceria com os policiais locais e o FBI para deportar imigrantes indocumentados.

 

Reproduzido com permissão e em parceria com a Comunidade News.

 

 

Deixe um comentário

1 Comentário em "Senado da Califórnia Proteje Imigrantes com Lei “anti-Arizona”"

avatar
um Brasileiro
Visitante
É uma matéria interessante e merece um comentário: Por que foi criado as “Comunidades Seguras”? Pelo que podemos farejar, tal ação foi instituída porque imigrantes ilegais, com certeza, estavam ameaçando a segurança pública dessas comunidades, e certamente, essas ameaças não existiam. As comunidades americanas estão, simplesmente, se protegendo de cidadãos que deviam ou devem estar causando algum tipo de transtorno (que todos nós já sabemos quais são, basta lermos o que imigrantes ilegais promovem ao chegarem na América pelo o que o Comunidade News publica na rede) à um grupo de pessoas. Outro fato que merece destaque é o seguinte… Read more »
wpDiscuz