A estudante Anna Stéfane Radeck, de 16 anos, que ficou detida nos Estados Unidos por mais de 20 dias, desembarcou no aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo. A mãe de Stéfane, Liliane disse que a filha está muito abalada.

“Stéfane passou o voo inteiro chorando, não tem condições de dar entrevista.” A mãe explicou que a imigração em Chicago, onde a menina foi barrada, foi muito truculenta. “Querem humilhar a gente. Tudo o que eles pediram eu fiz. A bagagem dela ficou lá, só está voltando com uma malinha de mão com os pertences pessoais.”

A mãe explicou que a filha já tinha ido várias vezes aos Estados Unidos e não entendeu porque a imigração alegou que ela foi barrada por estar desacompanhada. “Estou me sentindo feliz por ter saído do país, favor que estão fazendo para a gente.”

A jovem viajou para os EUA no dia 10 de agosto. Ela tinha ido para os Estados Unidos morar com uma tia e estava pensando em fazer um curso. Stéfane foi barrada pela imigração em Orlando e levada para um abrigo para menores refugiados em Chicago.

Veja a reportagem abaixo.

 

Fonte: Info News

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz