Estudar nos EUA. Por Onde Começar?

Muitas pessoas têm o desejo de estudar no exterior, especialmente nos EUA. Muitas delas não têm a mínima idéia por onde começar. Muitas vezes é difícil encontrar informações precisas sobre o assunto. Muitos ainda reclamam disso, mesmo na era Google e Wikipédia.

Se esse é o seu caso não se preocupe, o processo não é tão complicado quando parece. Planejamento é a chave do sucesso. A primeira coisa importante, na minha opinião, é saber o motivo pelo qual você deseja estudar no exterior. Mesmo que deseje retornar ao Brasil ou ficar após o término do curso não vale a pena desperdiçar tempo e dinheiro em qualquer curso ou em qualquer faculdade. Dedique tempo e dinheiro em algo que realmente pretenda usar.

Uma vez estabelecido este objetivo é hora de decidir o curso. Alguns já começam procurando uma boa faculdade e depois pesquisam os cursos disponíveis. Um rapaz me disse outro dia: “Não importa o curso que eu esteja fazendo contanto que seja em Harvard”. E ainda disse “Harvard” com a boca cheia e um sotaque meio Inglês. É imaturo pensar que qualquer um pode ir à Harvard e também pensar que a escola é o único fator do sucesso. Muitos caem do cavalo! Outra pessoa me consultando pelo msn disse que estava “pensando em ajuntar algum dinheiro” e que achava que nas faculdades públicas americanas ninguém pagava um dólar sequer, nem mesmo americanos. Diferentemente do Brasil, aqui todos têm que pagar ao menos que você seja um atleta promissor.

Escolher o curso antes é muito importante.  Afinal, após o término do curso é nessa área que você vai passar a maior parte do tempo. Faça um teste vocacional se preciso e não tenha medo de fazer algo completamente diferente do que tem feito mesmo que já tenha uma certa idade. Nunca é tarde pra mudar. Decidido o curso, graduação, pós-graduação, mestrado, etc…agora sim está na hora de procurar as escolas. O Google pode ajudar nisso.

Escolha 2 ou três escolas que cabem no seu bolso. Pesquise bastante sobre elas, leia artigos que falem sobre os cursos, as cidades onde estão localizadas, população, transporte público, custo de vida, índice de crime, preços dos aluguéis, vida cultural, preço do curso(muito importante!), etc. Estudar nos EUA não é algo barato. Alguns já querem conseguir uma bolsa 100%. É fácil conseguir uma bolsa 100% no Brasil? Se já é difícil no Brasil, no exterior ainda mais. Principalmente pelo fato de que as escolas, segundo as leis americanas, precisam incentivar primeiro seus próprios residentes e depois os estrangeiros. Consegue-se bolsa parcial sim, mas é melhor não contar com isso no momento. Seja realista, pense na pior situação. Também, os estudantes brasileiros não se qualificam para receber o Financial Aid – o financiamento do curso pelo governo disponível somente aos que residem legalmente no país.

Depois de escolhida a escola, procure no site da mesma quais os requisitos para estudantes internacionais. Agora é a hora de começar a fazer uma lista das coisas que você precisa fazer para alcançar seu objetivo. A escola exige, por exemplo, certificado do TOEFL com mínimo de 80 pontos, cópias juramentadas dos diplomas de ensino fundamental, médio, faculdade, etc…O que você não souber o que é, corra atrás para descobrir.

Faça sua lista em uma ordem cronológica. Por exemplo, não adianta você já ir fazendo cópias da documentação se ainda não conseguiu o certificado do TOEFL. Talvez precise frequentar um curso de inglês por um tempo antes de fazer o exame. Talvez não passe e tenha que fazer novamente. Portanto, faça sua lista em ordem de pré-requisito. O quê vem antes do quê, qual o próximo passo lógico e o que pode ser feito paralelamente, ou seja, ao mesmo tempo. A compra da passagem aérea por exemplo, é uma das últimas coisas da lista. Cheque com a lista de requisitos da faculdade pra ver se você não esqueceu de nada. Estabeleça prazos para o cumprimento de cada ítem e veja no final quantos meses serão necessários. Não desanime se perceber que tem um longo caminho pela frente. No final, vai compensar.

A minha lista era grande. Eu me lembro que uma das exigências da minha escola era a comprovação, por meio de extratos bancários e declarações do Banco, que eu possuía o dinheiro necessário para a faculdade e o sustento para o primeiro ano. Isso se deve ao fato de que, somente após o primeiro ano de estudo, o estudante internacional pode trabalhar legalmente para se manter nos EUA. Na época, eu não possuía a quantia necessária. Por isso fiz ajustes e um plano para economizar. Avaliei quantos meses seriam necessários para cumprir essa meta. Foram necessários 2,5 anos para que eu ajuntasse a quantia às custas de muitas horas extras de trabalho. Paralelamente eu frequentei um curso preparatório para o TOEFL, GRE, fiz os exames, procurei hospedagem, pesquisei tudo que podia na internet e fui me comunicando com os representantes da faculdade. Quando cheguei em Orlando, pouca coisa era surpresa.

Completamente instalado era só esperar o primeiro dia de aula. Me senti como me sentia quando era criança, nervoso e ansioso, não tendo a mínima idéia do que iria acontecer. Algumas derrapadas com a língua inglesa, mas de resto correu tudo bem. Após um tempo de adaptação tudo fica muito parecido com o Brasil. Assistir às aulas, fazer os trabalhos, pesquisas, lições, leituras, etc. De vez em quando um tempo livre para conhecer a cidade, ir ao cinema, passear nos parques. Próxima etapa, arrumar um trabalho.

Viver e estudar no exterior é muito recompensador. Envolve muito planejamento, pesquisa  e preparação mas, isso não deve ser motivo de desânimo. Pode-se derivar muito prazer mesmo na época da preparação onde você fecha os olhos e se imagina vivendo e estudando nos EUA. Um dia você acorda e percebe que com trabalho diligente seu sonho se tornou realidade.

Renato Alves

Renato Silveiro Alves é natural de São Paulo(SP), Brasil. Formou-se em Construções Civis pela Fatec-UNESP e Matemática pela Universidade Oswaldo Cruz. Encerrou a carreira de professor de matemática na Escola Carandá em São Paulo em Dezembro de 2009 e no mesmo ano embarcou para Orlando, Flórida (EUA) para iniciar o curso de Arquitetura de Interiores na faculdade americana IADT – International Academy of Design and Technology.

274
Deixe um comentário

avatar
259 Comment threads
15 Thread replies
5 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
157 Comment authors
Karla mayaraHenrique BarbieriSara AlvesJoiceDaniel Recent comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Redação BNEU
Admin

Lucas,

Primeiro você precisa decidir o seu objetivo nos Estados Unidos. Se você quer estudar você vai precisar de um visto de estudante. Veja aqui para mais informações sobre este assunto:
http://www.brasileirosnosestadosunidos.com/vistos-de-estudante-nos-estados-unidos/

lucas alvares
Visitante

eu tenho 16 anos e penso muito sobre morar nos estados unidos..minhas notas são boas eu so bem estudioso enclusive to estudando ingles sozinho mais ainda sim quero fazer um curso de inglês para me aprimorar..o que eu devo fazer ja que eu so novo para torna isso mais possivel..pq eu quero muito morar nos estados unidos se for possivel em new jersey me da umas dicas por favor

victor
Visitante
victor

Renato vc poderia me add no msn, para que eu pudesse tirar as duvidas que ainda restam. muito obrigado
victor.ieq.sc@hotmail.com

Romulo
Visitante
Romulo

E tbm keria lhe perguntar Quanto vs tinha em dinheiro para pagar o primeiro ano da faculdade tenhu 12000R$ garante o meu primeiro ano?vlw novamente

Romulo
Visitante
Romulo

olá Renato tipo to no 3 ano do ensino medio e to kerendo fazer minha faculdade de direito si possivel aii Nos EUa,e keria saber si posso fazer essa faculdade de graça? estou em uma escola de idiomas termino o nivel avançado agora final de 2011 e irei fazer o TOELF entao kual os meus proximos passos depóis dessa prova? vlw me add no msn romulo.cuia@hotmail.com! agurado resposta

Arthur
Visitante
Arthur

olá …

muito bom o post, tirou muitas duvidas

se puder, add o msn… tenho outras perguntas…

arthur_drummer@hotmail.com

Jimmy
Visitante
Jimmy

Estou pensando em ir fazer cursos no EUA… Gostaria de mais informações e queria tirar algumas dúvidas…
Esse é meu msn: jimmy.mattos@hotmail.com

Se possível, me adicione, pois tenho muitas dúvidas para tirar…

Obrigado!

Douglas
Visitante
Douglas

Tudo bem Renato? Sou residente da Florida e preciso algumas dicas referentes a escolas e financiamentos. Se puder me add no msn: dqs_4@hotmail.com

Redação BNEU
Admin

Alexandre,

Escolha a universidade na qual você quer estudar. Em seguida pergunte sobre os requerimentos de admissão para estudantes estrangeiros. No mínimo você deve precisar fazer o TOEFL, SAT e ACT, e ter um documento oficial da sua faculdade atual com todas as suas matérias e notas traduzidas por tradutor juramentado.

Alexandre
Visitante
Alexandre

Bom dia, sou estudante de fisioterapia no brasil e estou no segundo ano, porem estou querendo terminar os estudos nos EUA, qual seria o procedimento para um transferencia para uma faculdade norte americana.

Desde já agradeço a atenção de todos.

João
Visitante
João

Olá Renato muito bom o texto mais ainda tenho umas outras duvidas vc poderia add no msn: j.dynux@hotmail.com

Jonas
Visitante
Jonas

Caro Renato, pode me add no ms jonas.mg@hotmail.com, gostei muito do seu texto e queria conversa melhor com voce, pois tenho o sonho de estudar nos Estados Unidos,e posteriormente trabalhar e morar ai, gostaria de tirar alguma duvidas com voce.

fabio
Visitante
fabio

Caro Renato,

Agradeço muito pelas informações,. Vou passar já no seu blog..

Abraços

fabio
Visitante
fabio

OLá Renato. Então, spó comprarei realmente se ficarmos bem mais do que um ano. Acontece o seguinte: quem vai aplicar para o f-1 é minha esposa. Eu iria aplicar para o f-2 como dependente. não quero estudar nem trablhar kkk. só quero descansar. Já trabalhei muito kkk. Minha filha iria estudar também. O que preciso saber é se ela aplicando para o f-1 ela mesmo que terá que apresentar a renda ou eu posso fazer isso por ela, porque senão eu passo a grana para a conta dela. e outra: lá eu abrirei uma conta no banco e depositarei o… Read more »

fabio
Visitante
fabio

Olá amigo,
Seu texto foi muito esclarecedor.
Também tenho pretensão de ir a Orlando para minha mulher estudar Inglês e minha filha de 3 anos frequentar uma escola, ou Day care no momento.
fui mais de 30 vezes a Orlando durante minha, então dá pra ter uma ideia de que gosto daí.
Temos os vistos de turistas mas vou aplicar para o f-1 e f-2.
gostaria de saber se com o f-1 você tem direito a comprar seu carro, alugar seu apartamento, etc..

Grande abraço

Fábio

Priscila
Visitante
Priscila

Oi achei seu texto muito interessante, porque é um assusto que me interesa muito queria sabe mais se pude me adiciona no msn priscillalopezmartins@hotmail.com
obrigada.

1 2 3 13