Sobre o(a) Autor(a)

author photo

Nós somos a equipe Brasileiros nos Estados Unidos ponto com. O nosso objetivo é prover uma série de informações e facilidades para a comunidade brasileira nos Estados Unidos e para os brasileiros que querem saber mais sobre a vida nos Estados Unidos.

Veja Todos os Artigos de

Como é Viver em um País que Não é o Nosso?




Este artigo foi escrito em resposta a uma de nossas leitoras, a Livia, que colocou a seguinte pergunta: “Como é estar em um país que não é o nosso?”  Para muitos brasileiros que moram nos EUA ou em outros países pelo mundo afora, a experiência de viver fora do Brasil pode ter vários graus de sucesso, desde uma oportunidade excepcional para realizar conquistas que nunca seriam possíveis no Brasil, até a total decepção e sofrimentos inesperados.

Mas para a maioria dos brasileiros que moram foram do Brasil, a experiência se caracteriza por etapas distintas que são comuns na maioria dos casos:

Primeira Etapa:  Tudo é Novidade

Para quem chega em um país desconhecido pela primeira vez, tudo é muito diferente, interessante e curioso.  As novidades, mesmo as que não são muito agradáveis, como o frio rigoroso, estimulam as pessoas e dão uma certa dose de prazer.  Durante este período, pode-se dizer até que tudo é festa.  Esta talvez seja a melhor etapa da chegada de um imigrante a um novo país.  Até porque as esperanças e sonhos são muitos, e só de ter chagado ao destino tão sonhado já é motivo de animação e alegria.

Segunda Etapa: Adaptação

Depois que passa a euforia do período de novidades, vem a etapa de adaptação.  As novidades não são mais tão encantadoras como eram no começo, e a pessoa começa a lidar com a realidade de ter que se adaptar à nova realidade.  Até mesmo as coisas mais simples parecem ser tão difíceis de se conseguir:  “Aonde eu compro um pão fresquinho já que não tem padaria em lugar nenhum?”; “Como que eu chego a um determinado lugar já que ainda não tenho carro e o transporte público é tão precário?”  E por aí vai.  São milhões de perguntas sobre as coisas mais cotidianas as quais a pessoa fazia automaticamente sem ter que pensar.

Agora tudo parece requerer constante concentração, pesquisas, procuras, experiências – tudo para simplesmente conseguir encontrar uma rotina.  Sim, aquela desgraçada da rotina que você tanto odiava agora faz uma falta inacreditável.

Isso sem falar nas dificuldades com a língua.  Como é desagradável sentar em frente a uma televisão e não entender absolutamente nada.  Que frustração!  Todos aqueles cursinhos de inglês no Brasil parecem não ter servido para nada.  E o pior de tudo é que quando você tenta falar alguma coisa para alguém com o seu inglês de cursinho ninguém parece te entender também.  Até um simples “thank you” sai com o som de “sank you” causando as mais variadas reações de pessoas que mais parecem estar lidando com um ET.

Terceira Etapa:  Bate a Saudade

Depois do período de adaptação, vem a inevitável saudade.  Você começa a questionar porque tomou a decisão de sair do Brasil, porque ter deixado tudo por essa aventura que parece que nunca irá dar certo.  Você começa a sentir falta de tudo – da nossa comidinha deliciosa, dos amigos, dos familiares, das praias, do sol, do nosso jeito de ser. 

Quando bate a saudade a coisa pega.  Você pensa em desistir de tudo, e voltar no próximo avião.  Porém, a maioria resiste até finalmente conseguir se estabelecer e conquistar o seu espaço.

Quarta Etapa: Você Conquista o Seu Espaço

Nesta etapa você está finalmente estabelecido.  Você tem uma moradia fixa, tem um emprego relativamente seguro, tem seu meio de transporte, e já dominou a língua.  Você ainda sente saudade, mas está indo bem e não pensa tanto em voltar.  Esse é o período em que você sente que finalmente valeu a pena sair do Brasil.  Você pode até ter planos de voltar, mas não agora, talvez mais tarde, depois de ter acumulado algum dinheiro.

Essa é uma etapa relativamente boa, mas o perigo é que você cai em uma nova rotina.  Sim, a tal rotina aparece de novo, e a vida vai passando.  Quando você se dá conta, muitos anos já se passaram, e os planos de voltar vão sendo adiados indefinidamente.

Quinta Etapa: Você Quer Ser Enterrado no Brasil

A última etapa é quando você decide que realmente chegou a hora de voltar à sua terra natal.  Por mais que você tenha conquistado o seu espaço no exterior, você ainda é um peixe fora d’água.  Basta você abrir a boca e alguém eventualmente faz a tão detestável pergunta: “Where are you from?”

Nesta etapa você já deu tudo o que tinha que dar e agora quer mais é estar perto de seus familiares e de seus amigos enquanto você ainda tem tempo aqui na terra.  E quando a hora final chegar, você quer mais é estar no mesmo lugar onde tudo começou, na sua terra natal.

Compartilhe!






Tem 102 respostas até agora. »

  1. Olá !
    Sou Igor do Rio de Janeiro(CAPITAL), gostaria de viver nos EUA e gostaria que vocês me ajudassem com algumas dicas referentes á documentação, dinheiro, passaporte!
    Emfim qual o caminho, o passo a passo que devo seguir com a questão da documentação.
    QUE DOC. DEVO EMITIR E EM QUE ORGÃO EXPEDIDOR ?

  2. Igor,

    Para viver nos EUA você precisa de um visto de estudante ou de trabalho, o que significa ser admitido por uma instituição de ensino ou ter um empregador que lhe patrocine o visto. É difícil lhe dar uma resposta passo-a-passo porque cada caso é diferente.

  3. Olá,
    Meu marido tem uma proposta de emprego para os EUA e estamos pensando em acertar nossas vidas, aceitando , entretanto estamos cheios de dúvidas, medo e euforia. A sua narrativa foi brilhante! melhor, maravilhosa!!!

  4. Nanci,

    Muito obrigado. Boa sorte.

  5. Great article!

  6. Estava lendo a materia,como viver em um Pais q nao e o nosso.
    Realmente essas etapas,se passaram comigo ou melhor ainda passa as vezes acho que o meu lugar nao e aqui nos Eua,mais as vezes o prazer de conquistar a tao sonhada realizacao pessoal fala mais alto.
    Para as pessoas que tem esse sonho,de vim viver nos EUA estegem preparados para tudo.Pois nao e facil viver,em uma cultura completamente diferente que a nossa.

    bjs

  7. Olá,
    Gostaria de saber se ainda compensa ir para os EUA tentar guardar algum dinheiro, devido a crise. Tenho um primo que voltou agora, pois ficou desempregado. Me disse que a situação esta critica para imigrantes. Ja uma amiga do meu namorado esta MUIIIITO bem lá. Nao entendo?????
    Obrigada!

  8. Manuela,

    A situação realmente está muito difícil, o que não quer dizer que não tenham pessoas se saindo bem.

  9. Obrigada pela brilhante ideia de se criar um espaco como este num momento em que necessitamos, mais do que nunca, estarmos unidos e fortalecidos. A esperanca e uma caracteristica forte da nossa raca e eu acredito que aqui poderemos trocar informacoes, criar e receber oportunidades de trabalho e que em breve seremos grandes e que os dias ja nao serao tao dificeis.

  10. Adelina,

    Obrigado por sua participação.

  11. Olá
    Gostei muito da descrição de vocês, já vivi na Austrália e na Inglaterra, atualmente trabalho com adaptação cultural e realmente vejo esses passos que vocês mencionam com frequência. No entanto, creio que essa coisa de querer voltar porque você sempre será um estrangeiro é mais uma questão de foco do que um passo em si da adaptação. Uma coisa sobre a qual as pessoas não pensam é que quando se vai morar fora se vai ser estrangeiro sempre, porque não se está no próprio país. Parece óbvio, mas não é, depois da fase da saudade, quando você começa a se adaptar de verdade e ter uma rotina, parece que se torna obrigatório ser “local” e diz-se até de maneira pejorativa “Você sempre será estrangeiro”, mas e daí? Quero dizer, assim como seu cabelo é loiro ou castanho, você é brasileiro, tem sotaque, e vive lá… então, e daí se te perguntarem de onde é? Um americano do Texas que ouça alguém do norte falar, também vai perguntar de onde aquela pessoa é… Acho que damos importância demais a isso, é importante definir quando se vai morar fora se o que se busca é viver outro país ou fugir da realidade de ser brasileiro, porque dessa não se foge…

  12. Saudações, meninos e meninas e colunas do meio :)
    tenho a intenção de morar nos estados unidos e investir num negocio neste país que muito admiro, esse troço de et e coisa e tal, parece que é assim em todos os lugares do mundo (assim como no filme ¨eram os deuses astronautas¨), mas falando sério. com essa onda de crise economica no pais do tio sam, acho que é uma boa oportunidade para se mudar de mala e cuia ( com os filhotes tbm, só deixando a jararaca da mulher), e pergunto a quem puder me dar o retorno.
    1° é uma boa investir no eua hoje em dia?
    2° em que segmento de mercado a uma maior lacuna, uma maior necessidade de posicionamento empresarial, que atenda uma carência já instalada, ou preexistente na economia americana?
    3º da necessidade, de mão de obra que fale o nosso portuga e tbm o ingles (como minha mulher diz, ¨ngres¨, o nega burra), para fazer parte do cast (olha falo bonito) da empresa, pois sinceramente vou ter que correr no aprendizado do ingles, e outras coisas mais, e minhas crianças vão ter que estudar obviamente num colegio com lingua portuguesa, senão danou tudo, concordam?
    4º Se vcs no meu lugar venderiam tudo o que tem no momento, e fariam uma transferencia dessas?
    5° se vale apena um brasuca (carioca da gema), procurar uma americana, dessas com uns p…. enormes e sem b…. para casamento?
    6º se com essa onda de super heroi do mundo, não vou tar eu lá calmo e sereno curtindo os filhotes, e de repente um terrorista doido, manda uma bomba sei lá do que, nas minhas fuças.
    7° com essa eu penso, há como é bom essa vida, de muito trabalho, nenhuma paz em casa com a patroa atual, só contas pra pagar, filhos enchendo a paciencia…..
    Gente brinquei um pouco mas o negocio é sério, dá para focar profissionalmente e financeiramente, aproveitando essa época, para uma transferencia com familia para os eua?

  13. Wagner,

    Seria bom ouvir a opinião de nossos leitores. Eu acho que esta crise é temporária e que ao longo prazo os EUA são um bom investimento. O risco do terrorismo não é pior do que o risco de segurança que é vivenciado hoje no Brasil. O aprendizado do inglês no meu parecer é essencial para quem quer se suceder nos EUA, mas muitos começam sem o inglês e se viram nos primeiros momentos. A decisão de sair do Brasil é muito pessoal e são muitos fatores a serem considerados, desde a adaptação a um novo clima, cultura, e alimentação até questões mais pessoais como a falta de amigos e da família.

  14. Uma vez que voce escolheu os EUA pra viver, considere os USA seu pais.

    Siga as regras que voce vai ver que em breve este sera e é seu pais.

    eu sou advogada de imigracao para os EUA,

    Meu email é genilde@kravitzlaw.com

  15. Olá,
    Gostei dessa ideia de debate sobre imigração . . . Estou com um interesse enorme de ir par os EUA, mais o que mais me aflinge, é de fracassar na tentativa de uma vida melhor na terra do Tio SAM . . .O que quero saber, é que tipo de emprego e que tipo de descriminação, nos Brasileiros estamos passando nesse momento de crise? será que realmente esta valendop a pena passar por essas etapas citadas na matéria acima, mesmo sendo um sonho viver nos EUA, para um pouco mais de dinheiro,vendo que o Dolar esta baixo neste momento.Claro, como disseram nos comentarios acima, eu Brasileiro, com o sonho de ir aos EUA, tenho em mente que a crise não só nos EUA , mais que em todo Mundo não irá demorar a passar tanto assim,(pode ser que eu esteja errado) !! mais a Pergunta crussial, é até que ponto vale a pena, sair do Brasil, para viver nos EUA? Gostaria da opinião de pessoas que estão nos EUA !! ABRAÇOS . .

  16. Artur,

    Esta é uma pergunta muito difícil de responder pois depende muito da situação e dos objetivos de cada pessoa. Alguns se adaptam e acham que vale a pena. Outros vão embora decepcionados. Veja o artigo: http://www.brasileirosnosestadosunidos.com/vale-a-pena-ir-para-os-estados-unidos/

  17. sem duvida, viver em um país que nao é nosso,ou seja, uma cultura que nao nos foi adquirida a berco, é sem duvida, um choque no dia a dia. Mas ,tudo é possivel,mudar durante os dias,meses e anos..baste gostar do novo “gostinho”
    Eu vivo em Minnesota, um estado absolutamente gelado no winter,e mais conhecida como MinnSNOWta, muita neve e lakes congelados. Tive um grande “choque” do que é realmente um frio. Outra, viver em um país onde nao é nosso, é viver pensando no feijao brasileiro que nao é doce como o daqui e enlatado(risos).Mas ja estou gostando…

  18. Gostei muito dessa materia e achei bem realista. A grande maioria dos brasileiros que conheco aqui nos EUA me dizem a mesma coisa a respeito do processo de adaptacao. Eu acredito que cada individuo sente e pensa diferente, porem a materia se colocou da forma em que a grande maioria se sente. Nao eh facil instalar a cultura americana em seu coracao como fazemos com a brasileira. Talvez seja por isso que no final de tudo o desejo da maioria seja voltar pra terrinha. Os EUA com certeza eh o pais das oportunidades, aqui quem estuda e corre atras, vence. Mas eh um pais onde voce passara muito mais tempo trabalhando ou estudando do que se divertindo com amigos ou passando tempo com a familia, ao mesmo tempo que o seu bolso tambem podera estar mais cheio. Mesmo as pessoas que dispoe de documentacao e ja entraram na rotina, deverao se adaptar a esse estilo de vida onde se trabalha muito, ferias curtas e pouco tempo pra ficar com a familia e amigos. Eu ja vivi em outros paises alem dos EUA, e hoje em dia acho que a nossa cultura realmente tem algo especial que faz com que nao somente os brasileiros, mas tambem muitos estrangeiros, tenham o Brasil instalado em seus coracoes. Mesmo assim, recomendo a experiencia de viver por um tempo no exterior.

  19. Adorei saber um pouco mais sobre qm mora em outros paises, e oq se passa lah…EStava planejando mudar pra lah,tentar me adaptar em outro país…
    Sei q vou gostar,um pouco complicado se adaptar eu comfesso…Mais sera uma experiencia otima..

    Obrigada pelos conselhos…

    BjOS pra todos

  20. oi,eu moro em salvador gostaria que voces me diseçem como eu faço pra tirar o visto de turista e passaporte e etc…eu adoraria mora em EUA

  21. Felipe,

    Você tira o passaporte na polícia federal (http://www.dpf.gov.br/) e o visto no consulado americano mais perto de você.

  22. Eu tenho apenas 15 anos, mais no entanto tenho um sonho de morar no Estados Unidos ! Mais primeiramente quero completar meus 18 anos.
    Estou com uma dúvida muito grande! Queria saber o seguinte: no esxato momento que eu colocar meus pés la no EUA o que eu fasso?
    para onde eu vou? a onde eu vou trabalhar? a onde eu vou me ospedar?
    Pois la eu não conheço ninguém entao fica mais dificil…
    Alguém que é de origem do Brasil, mais esta morando nos Estados Unidos podem me ajudar?
    beijos

  23. Olá! Moro em outro País há 20 anos e gostei do artigo Saudade.
    Só queria satisfazer uam curiosidade, que em filmes e seriados passm uma coisa e a realidade deve ser outra. O que o americano comum come no dia a dia ? Exemplificando: No Brasil de manhã é normal pão, café, ovo, queijo , suco de frutas…Até ae normal. Minha curiosidade vai além…Uma refeição normal pra brazuca jantar/almoço pode ter arroz, feijão, macarrão, salada, carnes…Mas ouvi dizer que americanos não comem arroz…Resumindo: brasileiro é arroz/feijão/carne/salada/etc…E os americanos comuns ? Em filmes é ervilhas, cenouras, purês de batata e muito leite, nossa como bebem leite ! É isso a Realidade?
    O que quero perguntar tá difícil acho…O que americano come ?
    Pq simplificando em geral brasileiro curte feijoada, bacalhoada, mortadela, lasanha, macarronada, kibe, esfiha, coxinha, guaraná, arroz/feijão/bife/salada…
    Já procurei e não achei…O que é “trivial” pra americanos ?

  24. Rocknrollos,

    Em geral os Americanos comem um almoço bem leve. As principais refeições são o café da manhã e o jantar. No café da manhã come-se cereais, pão, queijo, presunto, bacon, ovos, panquecas, etc. e toma-se café, leite e sucos. No almoço geralmente é um sanduíche, sopa, ou algo leve. No jantar, que geralmente é feito entre as 18:00 e 20:00 se come bastante legumes, batata, cenoura, e algum tipo de carne. As carnes preferidas são galinha, peru e bife. Come-se também arroz, mas o feijão não é muito comum. Geralmente uma salada acompanha o jantar, e é comum comer também algo doce como sobremesa. Uma coisa que os Americanos fazem que é diferente dos hábitos dos brasileiros é misturar doce com salgado no jantar. Por exemplo, na refeição de Thanksgiving, que é a refeição mais tradicional americana, mistura-se uma salada de gelatina com o resto da refeição.

  25. bom dia ! sou gustavo e pretendo ir aos esdos unidos e estou com duvida quanto a documentação como faço para tirala e ser legalizado nos estados unidos.

  26. Gustavo,

    Depende do que você queira fazer. Você vai precisar de um visto apropriado, tal como de turista, estudante ou de trabalho.

  27. em que orgao do governo tenho que ir para ser legalizado nos eua com um visto de ficar permanentemente la

  28. sendo um visto de turista

  29. Gustavo,

    O órgão responsável pelas questões de imigração é o US Citizenship and Immigration Services.

  30. como eu me naturalizo americano ?

  31. e para que serve se naturalizar ?

  32. Gustavo,

    Para se naturalizar você primeiro tem que obter o green card, e depois de 5 anos pode pedir a cidadania. A naturalização serve para lhe tornar um cidadão americano com basicamente os mesmos direitos dos americanos natos.

  33. estou em duvida qual cidade seria melhor para eu viver los angeles,chicago ou denver;de acordo com qualidade de vida,empregos,etc, qual e a melhor cidade para se viver dessas três ?

  34. Se eu fosse pros estados unidos o que eu menos preocuparia é com a língua. Sou mais preocupado com a cultura, já que sem saber e difícil ter uma vida social e amigos. Ninguém vive só com vida profissional, que é o objetivo do povo que vai pra lá

  35. Ola

    Gostaria de esclarecer algumas duvidas…
    Meu marido esta sendo transferido para os EUA, ganhando em torno de 8.000 dolares.Temos uma filha que tem 15 anos e esta no primeiro ano de ensino medio ou seja, faltam 2 anos para o vestibular. A cidade para onde estamos indo é Miami, nossa velha conhecida por tantas viagens que ja fizemos. O periodo de estadia seria de 2 anos inicialmente.
    Minhas perguntas…

    1- Sera que este salario nos da uma vida confortavel?
    2- Consigo matricular minha filha em um bom colégio? Existe equivalencia curricular quero dizer, se ela esta aqui no primeiro ano, ela vai ser matriculada na mesma serie?
    3- Gostaria de morar bem perto da praia, é possivel com este salário?
    4- Precisamos de um plano de saúde, qual é a melhor opção?

    Grata por sua atenção,

    Ana

  36. Ana,

    Vamos tentar responder da melhor maneira possível, já que algumas das perguntas são subjetivas.
    1. Sim, este é considerado um bom salário.
    2. Em geral as escolas públicas na Florida não são consideradas de boa qualidade quando comparadas a outros estados. Talvez você tenha que matriculá-la em uma escola particular, mas vai depender de seus requisitos. Equivalência pode ser obtida, mas vai depender do caso específico de sua filha.
    3. Depende de quão perto você quer estar da praia. Em Miami acesso à praia é bem fácil.
    4. Você vai precisar de um plano particular. Existem vários e você terá que pesquisar qual atende as suas necessidades. Uma boa empresa é a Blue Cross Blue Shield, mas existem outras.

  37. Oie … achei super interessante o artigo que escreveu.

    Meu sonho é morar nos USA, estou me preparando para ficar 1 ano (au pair), tenho muitas duvidas e medos. Mas o desejo de querer descobrir outras coisas me motiva demais. Atualmente minha mãe não concorda muito com minha escolha, mas mesmo assim quero ir.
    Tem algum conselho para me dar???

    Abraço
    Karen 22 anos

  38. Karen,

    Viver em outro país pode ser uma experiência boa e positiva. Em termos de conselhos, prepare-se da melhors maneira possível: aprimore seu inglês; tenha um plano financeiro; esteja pronta emocionalmente.

  39. Olá! Faço Ensino Médio no Brasil, sou um bom aluno, pretendo fazer medicina e quero muito ir pros EUA, não por mais oportunidades, apenas por viver nesse país que sou muito fascinado por seu desenvolvimento e cultura. Queria saber se, falando um inglês fluente, cursando uma excelente faculdade de medicina no Brasil e tendo um bom poder aquisitivo, mesmo não tendo parentes nos EUA nem pretendendo casar com uma americana, é possível conseguir cidadania americana.

  40. Eu tenho um dúvida sobre as armadas norte americana…se eu me naturalizar americana eu posso concorrer a concursos ou me alistar nas armadas sem restriçoes? Ou mesmo me naturalizando eu teria algumas restrições?
    E quanto tempo leva pra se naturalizar?

  41. Ah me desculpe eu nao tinha lido os textos acima…entao primeito eu tenho que conseguir o green card e so depois de cinco anos é que eu consigo me naturalizar?
    E existe uma forma mais rápida?
    Me disseram que o casamento é uma forma rapida…

  42. sou brasileira e tenho um namorado americano fazendeiro,ele quer que eu vá no país dele conhecer a cidade onde ele mora (carolina do sul),se eu gostar ,vamos arrumar os papéis para casármos,ele vem ao brasil sempre quando pode,para me ver ,eu nunca fui lá.
    meu medo é:
    será que conseguirei o visto mesmo não estando trabalhando?
    e não tenho bens no meu nome .
    eu tenho uma pensão que recebo,isso ajuda?
    faço faculdade e termino no final deste ano ,é bom levar comprovante de que estudo?
    meu namorado vai pagar todas as despesas minhas ,ele tem dinheiro pra isso,será que eu tenho que levar todos os documentos dele ?quais seriam?
    ele vem ao brasil ,pra ir comigo na embaixada americana e mostrar seus documentos.
    ouvir dizer que mesmo tendo o visto e com o documento em dia ,corre o risco de chegar no aeroporto americano me mandar de volta,é verdade?
    casando no eua é válido no brasil?
    estou aprendendo inglês faz pouco tempo ,será que isso atrapalha no visto?

    obrigada pela atenção.

  43. Rafael,

    O primeiro passo para obter a cidadania é obter o green card. Veja mais informações aqui:
    http://www.brasileirosnosestadosunidos.com/como-obter-um-green-card/

  44. Etienne,

    Sim você primeiro tem que obter o green card. Se você casar com um cidadão americano pode conseguir o green card rapidamente, mas terá que esperar cinco anos para obter a cidadania.

  45. Lúcia,

    Se você estiver indo só para visitá-lo, pode entrar no país com visto de turista. Sim, existe um risco do seu visto ser recusado no consulado ou de sua entrada não ser aprovada no aeroporto. Veja mais informações sobre visto de turista aqui:
    http://www.brasileirosnosestadosunidos.com/como-obter-um-visto-para-entrar-nos-estados-unidos/

    Se você estiver indo para casar, o ideal seria obter um visto de noiva, que pode demorar para sair. O seu casamento nos EUA pode ser registrado no Brasil. O seu nível de inglês não influenciará a sua capacidade de obter o visto.

  46. Eu tenho apenas 13 anos, mais no entanto tenho um sonho de morar no Estados Unidos ! Mais primeiramente quero completar meus 18 anos.
    Estou com uma dúvida muito grande! Queria saber o seguinte: no esxato momento que eu colocar meus pés la no EUA o que eu fasso?
    para onde eu vou? a onde eu vou trabalhar? a onde eu vou me ospedar?
    Pois la eu não conheço ninguém entao fica mais dificil…
    Tenho um amigo que nasceu aqui no brasil rj onde eu moro , ele foi com os pais dele morar nos EUA com 7 anos de idade , eu pretendo fazer cursos de inglês pois não sei nada :s
    queria saber tbém com quantos anos eu devo fazer o meu green card , para quando eu tiver meus 18 anos ja poder ir pros EUA , ou é aparti dos 18 que pode fazer o green card ?
    Beijoos.

  47. Meu sonho de morar nos EUA é um sonho de maravilhas , sou louca por fotos , eu nao sei bem . . mais as vezes me pergunto si é melhor eu viagar para tirar muitas fotos & conheçer maravilhosos lugares , e continuar morando aki . .
    quero tirar fotos com neves , esquiando no gelo . . . tirar fotos em varios lugares diferentes.
    minhas duvidas:

    1- para mim ir para os EUA ficar uns 2 ou 3 meses , preciso no maximo de quanto de dinheiro ? , rs

    2- para ficar lá 2 ou 3 meses tenho qe arrumar emprego msmo sendo para me sustentar em 2 ou 3 meses ?

    2- quais os tipos de documento que tenho que ter só para viajar para ficar esses poucos meses ?

    3- quando eu voltar , tenho que fazer mais documentos pra voltar ?

    4- quando eu chegar no aeroporto dos EUA oque tenho que fazer para voltar para o brasil , ou lá tem pessoas brasileiras que trabalhão para atender os brasileiros que estar nos EUA ?

    5- NOSSA EU NÃO SEI NEM OQUE FAZER SÃO TANTAS DUVIDAS :/

    6- Oque vou fazer quando chegar lá , para onde vou , como alugar casa para passar auguns meses ?

    é mt caro alugueis ?

  48. Andressa,

    Você não pode trabalhar legalmente nos EUA sem ter a documentação adequada, o que geralmente requer cidadania ou green card. Para um periodo de 2-3 meses, você teria que obter o visto de turista. Os custos variam muito dependendo de onde você vai e o que irá fazer, portanto é muito difícil lhe dar uma estimativa.

  49. Gente quanta pergunta estupida. Primeiro vce nao faz green card e agora e inpossivel consequir legalizacao aqui. Porque estao colocando os ilegais p/ fora.O melhor e vce ficarem por ai mesmo. Porque aqui nao tem nada pra vce fazerem Voces sao sem nocao de nada e falam um monte de besteiras.Agora pra quem nao tem documentos nao se pode alugar, comprar dirigir etc… Na verdade o que vces querem fazer aqui

  50. Olá, estou indo para os estados unidos no final de 2011 para estudar inglês. tenho duas perguntas.

    1º Como está hoje o país, é muito dificil de arrumar um emprego ai no estados unidos.

    2º moradia quanto custa hoje alugar um apartamento, e a questão da carteira de motorista é dificl de conseguir uma?

    Desde já agradeço a atenção de todos.

  51. Alexandre,

    1º) Primeiramente voce deve analizar o tipo de VISTO que foi concedido para vc. (Se vc pode trabalhar e estudar – e tambem quantas horas por semana vc pode trabalhar) Depois de responder esta pergunta vc tem que levar em consideracao varios fatores: tipos de trabalho, localizacao (algumas areas nos EUA estao completamente desertas, enquanto outras areas estao sedentas por trabalhadores), sua disponibilidade horaria, sua habilidade em falar ingles, etc.
    2º) Depende do local e se vc esta disposto a dividir a moradia com outras pessoas. Existem varias opcoes, por exemplo: Voce pode alugar um apartamento sozinho em New York por +/-US$ 5,000 por mes ou pode morar de graca em Salt Lake City (os americanos tem algo chamado “Room and board”: em troca de casa+refeicao a pessoa retribui o favor em forma de algum tipo de trabalho – jardinagem, dirigir uma pessoa deficiente, cuidar de idoso, etc).
    Faca uma pesquisa profunda antes de vir para ca, vc vivera melhor e gastara menos.

  52. Tenho 19 anos, tenho um namorado nos Estados Unidos,ele é militar.Ele quer que eu o visite.No momento não tenho trabalho aqui no Brasil.Já tenho o passaporte vou tirar o visto B-2 que é para turista.Ouvi dizer que seria mais facíl meu visto ser aceito se meu namorado fazer uma carta se responsabilizando por todos os meu gastos ele financeiramente tem otimas condiçoêes para isso.Realmente esse formulário existe?
    Obrigada pela atenção

  53. Juliana,

    O formulario que voce menciona e’ o I-864. Este formulario e’ utilizado para provar que um imigrante sera sustentado financeiramente (ou nao causara um custo para o governo americano). Voce nao e’ imigrante, voce e’ turista. Talvez, no futuro se voce casar com um americano, este americano preenchera um formulario I-864.

    Boa Sorte.

  54. Bom Dia Galera.

    Estou com uma dúvida, quero ir aos Estados Unidos em Março 2011, onde pelo site http://www.easyroommate.com/, encontrei diversas formas de acomodação compartilhando casas, onde é muito mais barato a acomodação. Quero alegar que estou indo visitar meu primo de 1° grau, onde ficarei hospedado na casa dele.( é mais fácil conseguir visto assim de turista?)

    Se eu permanecer mais do que 3 meses, (visto turista), quando eu me ausentar do país, e na próxima vez que quiser voltar, serei barrado, não conseguirei o visto novamente?

    Outro ponto que tenho muitas dúvidas, qual a receita que devo ter para comprovação de renda? Tenho que ter extrato bancários? Posso alegar que a viagem esta sendo paga por meus pais, pois acabei de me formar e escolhi isto ao invés de festa de formatura? Pedirão a renda de meu pai? Por exemplo deposito 10.000,00 na minha conta bancária 1 mês antes de fazer a entrevista no consulado, será aceito este demosntrativo, ou terei de pegar extratos de 3 meses atrás?

    Sei que são muitas perguntas, mas tenho que me previnir.

    Grato a todos.

  55. Marcus,

    Alegar que você irá visitar seu primo não irá necessariamente lhe ajudar a obter o visto. Se você ficar além do prazo do seu visto você estará em situação ilegal. É muito difícil dizer a que informações a imigração tem acesso, de forma que se você tem planos de voltar aos EUA, não vale a pena arriscar. Quanto à comprovação de renda, se você explicar que é recém-formado e que seus pais estão bancando, a comprovação de renda deles pode ser aceita. Siga as orientações da embaixada americana.

  56. Gostei muito da materia.

    Gostaria de morar nos EUA, agora com o dollar em queda consigo compra uns 5 apartamentos la, moraria em um e alugaria as outros 4, isto realmente compensa? segundo o corretor ganha em torno de $1000 por aluguel, dai é $4000 no total, é uma boa renda pra se viver la?

    Eu sou cabeleireiro aqui em Belo Horizonte, ouvir dizer que nos EUA não tem bons profissionais no ramo, queria saber se eu e minha esposa que é escovista daríamos certos neste seguimento, informações do tipo, quanto ganha um cabeleireiro na florida, o custo de vida básico pra se viver la, tal como alimentação, transporte etc, so o básico pra ter uma noção.

  57. Samuel,

    Para responder se a compra de imóveis para aluguel compensa vai depender de uma análise mais profunda, que inclui o preço da compra, os gastos com condomínio, impostos, manutenção, etc. Quatro mil dólares é uma renda razoável? Depende do seu estilo de vida. Dá para um casal viver com o básico.
    O seu grande desafio vai ser como fazer isso legalmente. Veja mais detalhes aqui:
    http://www.brasileirosnosestadosunidos.com/como-trabalhar-legalmente-nos-estados-unidos/

  58. Olá,

    Vivo em Portugal há 2 anos, sei o quanto é dicifil abandonar o seu país em busca de um objetivo, que não se sabe ao certo se vai conseguir ou não chegar lá.
    O artigo merece os parabéns, muito bacana.
    Beijo a todos.

  59. Vanessa,

    Obrigado!

  60. ola gostaria de saber como esta pra um imigrante brasileiro consegui um trabalho nos eua?

  61. Vanessa,

    O mercado de trabalho está bastante difícil até mesmo para os americanos.

  62. Quem derá ter a oportunidade de entrar em outro país, apenas tentar conseguir algo melhor para mim. já perdi meus pais, não tenho irmãos, e o Brasil já deu o que tinha de dar. Se ainda estiver nos EUA, aprovite a oportunidade, se quer voltar analise tudo, pois Deus cuida de tudo.

  63. Adorei o texto completo, sempre seremos brasileiros independente a onde estamos, ja morei nos EUA um tempo e no começo foi muito bom, simto muitas saudades e quem sabe um dia eu volte, uma coisa faltou no texto… se estar no pais viva como um americano …respeite as leis e os costumes do pais em que vive, assim a adaptação e muito mais facil vc nao sera um residente mais certamente nao tera tantos problemas com a adptação tenho amigos que estao muito bem na america, vivem como americanos e estao muito felizes.

    Por outra parte so morando na america, as coisas nao sao lindas como se mostra nesse site, amigos peço que sejamos realistas …eu vi muitos brasileiros que dao aminima na america, vivem no pais a mais de 10 anos e neim falao a lingua, usao outros brasileiros como escravos …cobrao alugueis caros , corridas de taxi, brasileiros que explorao outros brasileiros….isso me deixou muito triste, ver a maioria correndo da policia, ilegal e sem papel, sem algum seguro de saude, vi varios tipos de imigrantes..

    peço que as pessoas nao sejao bobas e nao usem a america como a soluçao dos seus problemas no brasil, que la seja o eldorado, e um pais lindo ..bonito organizado, e um pais que aprendi a admirar-lo,
    tem os seus pontos possitivos e negativos..mais pensem bem meus amigos

    viver correndo de policia, morando em uma township so de brasileiros a onde so se fala portuques e cada um passando a perna no otro, trabalhar 7 dias por semana sem vida …sem saude sem lazer…

    todo dinheiro do mundo no traz de volta a sua saude a sua idade …pensem bem amigos …seja nos eua ..na frança ou na australia

    ponha os pontos possitivos e negativos…veja realemnte o que e o melhor pra sua vida…uma pessoa que nao tem rumo nao tem consciencia do que quer ..nunca sera feliz neim aqui neim no japão…

    sou uma pessoa que hoje digo ..nao e o LUGAR QUE TE FAZ…E SIM E VOÇE QUE FAZ O LUGAR.

    Abraços.

  64. parabens pelo conteudo e pela abordagem desse tema..que se refere a imigração de brasileiros,principalmente nos EUA,olha,querendo ou não,o brasil é um espectador da cultura americana,no cinema,na musica,nas marcas de roupas etc,talves isso nos fascine de uma forma que agente não consiga ver a realidade de forma clara como deveriamos,tenho vontade de conhecer la tambem,ficar por algum tempo,voltar para o brasil de forma estavel,porem ninguem quer cair na ilusão,e na frustação de um mundo de fantasias,se pararmos pra pensar,são paulo é um exemplo,quantos nordestinos vão para sao paulo achando que é um lugar especial e que tudo vai dar certo,até que veem que não é bem assim, e muitos se sentem frustados querendo voltar para sua terra,acredito que somos do tamanho do nosso sonho e de nossos desafios,quem tem medo da derrota,nunca sabera o gosto da vitoria,somos brasileiros,o preconceito sempre vai existir,se aqui entre nos mesmo,existe,porque nos abater la fora?por que achar que lá vai ser diferente?entende,quem faz a imagem de quem vc é,é vc mesmo,se vc olhar no espelho e enxergar um vencedor então vc sera um vencedor ou uma vencedora, temos que estar preparados, determinados não importa o que aconteça,tire lição de tudo,não creio que deva ser um mar de rosas,mas tambem não é um mar de espinhos,depende da forma que vc encara o mundo e as pessoas ao se redor..vencer é pra quem tem coragem..mas pra que isso aconteça..vc que tem q determinar isso…continuem postando suas opiniões obrigado!!

  65. Li esse texto achei incrivel eu tenho vontade de morar nos EUA nao mim encaixo no Brasil e acho que la e melhor para consseguir dinhei ro e etc. mais pretendo ficar la minha vida inteira pois queo fazer uma familia essa ultima parte e provavel que aconteça com todos?

  66. Olá pessoal,

    Faço mestrado nos EUA e posso dizer que não é fácil.

    As universidades no geral são muito rigorosas e vc precisa manter uma média MUITO BOA (mínimo 80 pontos) em cada matéria para conseguir manter a sua bolsa. Se vc fracassar (tirar menos de 80), corre o risco de perder a bolsa. Não é fácil controlar a pressão. Os professores no geral vivem para trabalhar e não gostam da idéia de vc tirar férias, tipo passar 15 dias no Brasil no final do ano. Perdi o casamento do meu irmão pq o meu orientador não me deu férias e precisei passar o Natal e Reveillon aqui trabalhando e estudando.

    Além disso, a competição aqui é muito forte. Sinceramente, não sei se vale a pena abrir mão de tanta coisa no Brasil, como família, amigos e o seu próprio país para morar aqui em definitivo.

    Uma coisa é certa: VOU VOLTAR PARA O BRASIL ASSIM QUE TERMINAR O MEU MESTRADO!

    ACHO QUE VALE A PENA MORAR NOS EUA DURANTE UM TEMPO PARA TER UMA EXPERIÊNCIA DIFERENTE. MAS MORAR AQUI PARA SEMPRE, DEFINITIVAMENTE NÃO É UMA BOA IDÉIA!

    SAUDADES BRASIL!!!!!

  67. Olá pessoal,

    Eu gostei muito da matéria… muito legal. Quase me fez chorar no final (kkkk, é brincadeira!).

    Eu, há muito tempo, tenho o interesse de fazer um intercâmbio internacional. Meu principal objetivo é aprender um novo idioma – pois nada se compara a aprender a língua na prática, vivendo-a; e aprender também um pouco da cultura do país. Sou graduando de um curso superior e penso que isso será de grande ajuda para meu currículo acadêmico e profissional.Penso em primeiro fazer uma viagem (de cerca de três meses) par um país sulamericano de língua espanhola e depois tentar o visto para entrar nos EUA co o espanhol aprendido… será que isto poderia me ajudar a conseguir o visto: ter uma conhecimento básico no inglês e um bom conhecimento de espanhol? Pelo que sei pelo menos 20% da população dos estados da Florida, California, Texas, entre outros fala espanhol…

    A respeito de tudo o que foi falado, penso que morar no exterior seja bom e construtivo, mas com objetivos definidos como estudo, trabalho temporário etc… não sei se viveria fora do brasil por toda a minha vida…

    Obrigado, e boa noite

  68. Douglas,

    Não creio que o conhecimento do espanhol ou inglês terá qualquer influência em sua capacidade de obter um visto.

  69. Inacreditavel!!! Voce colocou tudo tao bem!! mas fica melhor pra mim pessoalmente a ultima etapa quando voce disse: quero ser enterrado no Brasil,rsrs, ja repeti isso varias vezes. Me apaixonei pelo site.
    Parabens!

  70. Eu estou pensando muito em morar nos estados unidos daqui 3 anos, mas ao mesmo tempo que bate aquela vontade enorme de ir pra lá, bate tbm o medo de deixar minha família, amigos e etc..
    eu penso em ir pra la e não voltar mas para o brasil pra morar definitivamente, só pra passeio msm. quero construir minha vida, minha família lá, mas smp fico com a incerteza se vou ou não vou.
    gostaria muito de saber se o custo de vida é muito caro, pq se eu for pra la vou ter q estudar e trabalhar ao mesmo tmp.
    mas com essa crise vale a pena me arriscar a ira para os estados unidos?!
    então .. quero saber se universidade la é muito caro o valor, e se aluguel tbm. e se é muito difícil de arrumar emprego q da pra se manter la e pagar a escola e mais ainda o aluguel.
    tô querendo começar a juntar um dinheiro do meu trabalho ano q vem pra ir! meus pais não concordam com a ideia, mas acho q pra nós alcançarmos nosso objetivo temos q correr atras dele e passar por obstáculos.
    pra tirar um visto pra morar la é muito difícil e leva mais ou menos quanto tempo? tenho uma amiga q tem vontade de ir comigo só q ela ainda não fez 18 anos, ela pode tirar o visto msm assim??
    e gostaria de opiniões de pessoas que moram ou moraram lá, pq conheço pessoas q se deram bem e outra não.
    Obrigado!

  71. Alice,

    O custo de uma universidade é bem alto, e em geral você não pode trabalhar com o visto de estudante. Veja mais detalhes aqui:
    http://www.brasileirosnosestadosunidos.com/como-calcular-o-valor-que-preciso-para-estudar-nos-eua-2/

  72. ola Alice e navegantes !!!

    Todos tem um pouco de receio quando decidimos em alcancar voos mais altos. Seja o primeiro beijo, primeiro trabalho ,a primeira promocao , o primeiro carro novo , o primeiro filho , a primeira viagem etc …

    Mais duvidas sao sentimentos e pensamentos negativos ..Conclusao: NEGACAO ..vc esta negando inconsciente um desejo que nao alcancou.!

    O que pode dar errado??? Bemmmm ficar de bracos cruzados e ouvir lamentacao para o resto de sua vida , com uma boa dose de arrependimento; So porque escutou os outros ….

    Apenas faca suas vontades mais com consciencia tranquila ….Quando vc aprender a dar ouvidos a vozes internas e ter um olhar interno voce aprendeu a controlar sua vida ! se vai dar certo? SO VC PODE SABER DISSO MAIS NINGUEM ..PS: Todos somos diferentes um dos outros ..nao ha outra Alice na fase dessa terra …entao Cada um tem sua experiencia entao faca a sua !!!!

    Saudades da familia ..oras por acaso a sua ira durar eternamente?? rsrsr claro que naoo …. e todos adoram uma visitinha ..certo???

    Crise ?? bem desde de eu era crianca ..to na faixa dos 36 anos Cid Moreira ( jornalista brasileiro ) usava cabelos pretos eu escutava a tal crise rsrsr ……

    Segue seu corocao , coragem e seja feliz .
    E como diz a frase : “ A GOAL WITHOUT A PLAN IS JUST A WISH ” – BY Larry Elder Um objetivo sem plano ee apenas um desejo .. fatoo !!!

    Nao recomendo ninguem ficar aqui sem documentos …Essa ideia de vir como estudante ou turista e depois mudar aqui dentro nao ee nada agradavel e as consequencias sao essas que vcs leem dos brasileiros meio que revoltados com o America e com outros brasileiros que querem vir para america …..Na real estao revoltados com as proprias atitudes tomadas anos atras Sem ter planejado nada!!!! ..meio que Vamos ver o que da …. e ai vcs souberam o resultados …

    ***Nessa site ha um texto que acho super facil, explicativo e essencial para quem quer viver aqui que se chama : como viver feliz nos USA ..ee maravilhoso ..!! Da uma lida #SEMPREGUICAAA !!! vai valer a pena !!!

    A todos voces : seguindo passo a passo dos procedimentos de documentos e respeitando as leis americanas , ENTENDERRR , COMPRRENEDER E RESPEITAR AS DIFERENCAS DO povo da cultura e o principal FALAR INGLESS ..juro nao tem como ser feliz por aqui ….!!

    PS2: So ficara INFELIZ QUEM NAO GOSTA DE VOOOOOOAR ALTO e prefere ficar ciscando o chao e andando para traz … #pessoaschataspacas :0

    NAMASTE

    Juliana Fiori

  73. Compreender ..sorry :D

  74. olá…. dia 07/11… vou passar no consulado americano aqui em SP…. tenho uma amigo que esta la desde 2000… e nao se arrependeu…. agora espero pegar o visto de turista…….. vou ficar la por 6 meses e depois voltar……

  75. Muito obrigada Juliana Fiori vc me ajudou bastante e clareou mais minha mente!
    =)

  76. Bom, estou com mais uma duvida… tem como tirar um visto pra trabalhar e estudar ao mesmo tempo nos estados unidos?? e demora quanto tempo pra tirar? é muito difícil?
    aguardo resposta, agradeço desde de já!

  77. Alice,

    Não, você só pode tirar um visto de cada vez. Porém o visto de estudante permite com que você trabalhe por tempo parcial em um campo relacionado ao seu estudo (estágio).

  78. mas depois de estar la já um tempo estudando e trabalhar em um campo relacionado ao meu estudo, eu posso tirar outro visto lá para trabalhar em outro lugar e continuar estudando?

  79. Alice,

    Veja aqui a respeito de visto de trabalho:
    http://www.brasileirosnosestadosunidos.com/como-trabalhar-legalmente-nos-estados-unidos/

  80. ola, gostaria de pedir esclarecimento…sou noiva de um cidadao americano, ele é divorciado no USA, vai demorar um pouco para nos casarmos, gostaria de saber para obter o visto de turismo depois de mudar para K1 ou k3 HÁ algum problema?
    desde ja agradeço

  81. Kazinha,

    O visto K1 é para trazer noivas para casar nos EUA. O K3 é para trazer esposas e filhos para reunificar a família. Se você já estiver nos EUA, não me parece que faria sentido mudar para esses vistos.

  82. Saudacoes a todos sou andre Brasileiro vivo no Japao tenho,permanencia no Japao.
    Estou preocurando SOcio/s interessado em abrir restaurante/Bar/Pub/Brasileiro aqui no japao e possivelmente em cima disto dar entrada numa filial nos Estados Unidos.
    Se cuidaria de problemas de vistos para japao e para estados Unidos. este seria um Negocio de meu interesse , mas existem outros tipos de negocios que podem dar respaldo ao Visto para Estados Unidos a partir do Japao.
    interessados por favor me contate: qualquer idea e Negocio.
    contato. ciageral.co77@yahoo.it

  83. Olá o meu nome é Eduardo
    eu queria saber quantos anos eu posso ficar nos EUA para trabalhar
    exemplo eu poderia ficar 10 anos nos EUA trabalhando e as coisa que eu
    conquistei ex:um carro , uma casa e varias outras coias
    o que iria acontecer eu iria ter que vender as minhas coisas para mim ter que voltar para o Brasil

  84. Eduardo,

    A menos que você tenha um visto de trabalho ou green card você não pode trabalhar legalmente nos EUA. A duração do visto de trabalho varia, mas com o green card você pode trabalhar por tempo indefinido. Veja mais aqui:
    http://www.brasileirosnosestadosunidos.com/como-trabalhar-legalmente-nos-estados-unidos/
    http://www.brasileirosnosestadosunidos.com/como-obter-um-green-card/

  85. Olá.
    Eu li esse artigo e achei muito interessante porque eu estou vivendo nos USA porque me casei com um americano e estou passando por essas fases. Já passei pela fase da novidade, agora eu estou na fase da adaptação, começou a me dar saudades do Brasil, das pessoas, dos lugares e da comida e eu só via pontos negativos no Brasil, mas passando a viver aqui, comecei a ver os pontos negativos daqui, como: médico, dentista e universidade, são custos absurdos, sendo que no Brasil, mesmo sendo precário o atendimento, voce tem esses serviços gratuítos, fiquei decepcionada com isso.
    Agora eu estou na fase de mudar o meu status de turista para casada, outra frustração, 1500 dólares, mais tradução de documentos e tal, mas eu gosto muito da educação do povo aqui, do trânsito, das free ways amplas, e estou muito confusa.

  86. Sou advogado recém formado, tenho 23 anos e desde pequeno tive vontade de ter uma experiencia no exterior. Minha profissão como advogado não é aproveitada lá, pois o sistema jurídico americano é bem diferente.

    No caso, se fosse morar nos EUA, teria que esquecer a minha qualificação e trabalhar de qualquer coisa que aparecer.

    Será que vale à pena deixar toda minha formação acadêmica por um trabalho simples em outro país?

    Agora, se eu for pra Portugal, posso trabalhar como advogado lá. Basta só saber se compensa ir pra lá. Com essa história de crise, todos ficam com receio.

    Parabens pelo site. Ótimos textos.

  87. Mauro,

    É uma questão difícil que só você mesmo pode responder. Pesquise no site os vários artigos sobre se vale a pena ir para os EUA, principalmente se você não tem documentação para trabalhar legalmente.

  88. Ola, estou atualmente vivendo na Irlanda na fase de adaptação ainda, mais sempre quis ir para os EUA, mais por conta de visto e tudo mais acabei desistindo. Para quem possui passaporte europeu é mais fácil conseguir o visto? e a permissão de trabalho? ainda está valendo a pena fazer faculdade fora do Brasil? bjs

  89. Raquel,

    Sim, com o passaporte Europeu creio que será mais fácil visitar os EUA, mas não necessariamente conseguir permissão para trabalhar. Está valendo a pena fazer faculdade fora do Brasil? Depende dos seus objetivos.

  90. Bem, moro na Inglaterra ha’ quatro anos e tenho formacao academica. Mas nao e’ assim tao facil entrar em sua area de trabalho. Achegando aqui percebi que a educao e’ muito cara e poucos sao os ingleses das classes mais populares que tem curso superior. Vim pra esse pais por questoes afetivas. Moro no Interior da Inglaterra e acho que ha’ pros e contras. Morar em Londres e’extramamente dispendioso. Se voce esta disposto a dividir uma casa com cinco ou seis pessoas, va’ em frente, infelizmente nao ‘e pra mim! Nao acho que isso seja qualidade de vida. Acho que morar no exterior vai depender muito das suas necessidades pessoais. Acho que e’ muito importante perguntar-se: O que me leva a sair do meu pais para morar em um outro? Para aqueles que acham que vao chegar e vao pegar um trabalho em sua area logo de cara, pode tirar o cavalinho da chuva pois nao ‘e bem assim. Trabalhei por tres anos em um restaurante aqui na Inglaterra e decidi chutar o pau da barraca. No momento estou sem trabalho mas estou buscando fazer o que gosto. Sei que cedo ou tarde hei de conseguir! No momento a Europa passa por uma situacao dificil. Para aqueles que querem morar por aqui, pense muito bem antes de tomar qualquer decisao. Uma dica e’ vir primeiro a passeio e conhecer de perto a realidade.

  91. Imaginem uma pessoa que nunca pensou em morar em outro pais, tinha uma vida tranquila e estabilizada no Brasil, morava em um bom lugar no interior, tranquilo com otima qualidade de vida, tinha toda liberdade de ir e vir, apenas reclamava da solidao… Reclamava com razao da solidao, por que ter um relacionamento no Brasil nao e facil,a corrupcao comeca na vida pessoal das pessoas(nao sei por que reclamam dos politicos, se isso comeca na vida pessoal) voce faz das tripas coracao para tentar viver com alguem e as pessoas sao desonestas contigo, traem, magoam, ferem, roubam, passam a perna… Num determinado instante que voce acha que ja sofreu tudo o que podia sofrer aparece que aquele “principe encantado” que tanto sonhou, uma pessoa maravilhosa, honesta que te respeita e te aceita como voce e, parecia tudo perfeito se essa pessoa nao fosse um estrangeiro e voce para acompanha-lo deveria abandonar tudo que tinha na vida e comecar do zero em outro pais, nao me arrependo pela pessoa, pois essa sim merece todo meu carinho, mas sair de uma vida boa e tranquila no Brasil com amigos, familiares, vida social, e entrar num mundo individualista e fechado dos estrangeiros e complicado, e um sofrimento, voce apneas mudou o tipo de solidao, agora tem alguem para compartilhar a vida mas em compensacao perdeu tudo mais que tinha, por que definitivamente a cultura deles nao nos aceita, sentimos como peixes fora d’agua, por mais que esforcamos, que tentamos entende-los, falar a mesma lingua, se inclui no mundo deles, sempre havera um barreira invisivel que faz com que voce se sinta que nunca fara parte daquele mundo. E estranho, assutador, mas faz parte da vida, acredito que certas coisas sao destino, sorte… Tanta gente procurando vir para o exterior achando que tudo e lindo, flores,… e eu quase sem querer acabei vindo parar aqui e com o coracao dividido, por que nao se vive so de amor, mas tambem precisamos muito dele. Fica a dica para a mulherada, pense duas vezes antes de mudar sua vida por alguem, principalmente se esse alguem for estrangeiro pagamos um preco muito alto por isso e o filhos que tiver nem sempre entenderam voce, por que o ser humano faz parte do ambiente em que vive, esse o forma e molda e simplesmente apagar isso e impossivel, voce perde sua identidade e nunca consegue uma autentica identidade pessoal(digo interior)estrangeira.

  92. Isso e para as novas geracoes que nao tem cultura e para brasileiros que mora nos Estados Unidos, oucam com atencao e coracao…
    http://youtu.be/RL8OCOW5YsU

  93. LEIAM O BLOG “ESCRAVAS MODERNAS NOS ESTADOS UNIDOS”…

  94. Po vlw mesmo cara eu tava precisando para um trabalho e não tava conseguindo achar!

  95. Estou pensando em ir para os EUA com meu marido e filho de 5 anos, o problema é que não dominamos o ingles. Mas minha maior preocupação é quanto aos estudos de meu filho, vc sabe me dizer como é a adaptação de uma criança nesta idade em outro pais, estudar me uma escola onde não ira entender nada. obrigada

  96. Olá ,

    Eu tenho imensa vontade de ir embora para os Estados Unidos, mas tenho as grandes duvidas normais… Tenho 24 anos, uma filha de 3 anos atualmente n estou trabalhando. O que preciso para poder ir (levando minha filha)

  97. Ola,eu tenho um relacionamento com um americano que mora em Arizona EUA,vou terminar o meu curso superior aqui no Brasil de Eng de Produção e me mudar,sera que vou ter muitas dificuldades em conseguir um trabalho por la ? mesmo em outras areas, sendo que nao falo ingles fluente,sera que ter muitas dificuldades para me adaptar por la?

    Fico no aguardo.

  98. Florens,

    Não exsite um caminho fácil. Temos vários artigos no site que falam do assunto. Você pode começar aqui:
    http://www.brasileirosnosestadosunidos.com/como-obter-um-green-card/

  99. Luana,

    A primeira questão é se você pode trabalhar legalmente. Você vai ter o green card?
    Sem falar inglês é mais difícil conseguir emprego, de forma que é bom você aprender o máximo possível. Em termos de adaptação vai depender muito de você. Algumas pessoas se adaptam facilmente, outras não.

  100. Concordo com o que voces escreveram só que sobre a ultima etapa, penso diferente……Vivi todas essas etapas, superei, vivia feliz e muito melhor do que aqui no Brasil!…Vivi 8 anos nos EEUU, eu e meu marido fomos para lá (aos 55 anos de idade) para trabalhar e dar oportunidade para nossos 3 filhos de uma vida melhor. Hoje, 2 deles estão vivendo na California, casados com americanas, felizes e bem sucedidos profissionalmente. Um deles, mora em Londres, casado com uma Norueguesa, felizes e bem sucedidos profissionalmente! Eu e meu marido tivemos que voltar para o Brasil em função de meu marido ter adoecido e precisar de tratamento, que realmente, por esta razão, não sendo Cidadão Americano, nao tens direito a tratamentos e cirurgias caros! Mas vivendo aqui no Brasil já há 3 nos de volta, não me acostumo mais! Quero voltar…Adorei viver lá…Estou esperando meus filhos aplicarem para nós, afim de termos os documentos para vivermos legalmente naquele País…e voltar ao Brasil só de “passeio”.

  101. Vocês falaram tudo, só faltou falar do racismo que sofremos.

  102. Engraçado…estão aqui reclamam, vão morar em outro país, reclamam também…não adianta…não importa para onde vocês vão…sempre serão brasileiros e sempre serão vistos como imigrantes…engraçado é que antigamente as pessoas emigravam por necessidade…hoje as pessoas emigram por prazer, muito engraçado isso…antes que alguém questione, é por prazer sim, alguém que está passando fome está indo morar fora do Brasil? Alguém com necessidade extrema? Não, se fizer o levantamento dos brasileiros que estão indo morar em qualquer lugar do mundo o fato é um só…não passa de um bando de deslumbrados que só porque viram algo diferente acham que podem ficar com aquilo…como se fossem deles! Oh imigrantes…vocês são brasileiros! Nada vai mudar isso, e se estão morando em outro país, sofrendo e não voltam é porque merecem…tem que sofrer muito mais mesmo…bando de tontos.

Responda

Para mostrar sua foto automaticamente com o seu comentário cadastre-se no site www.gravatar.com com o mesmo email usado abaixo. Use a Tradução Google se você tiver dificuldades com o inglês.
Proibido para menores de 16 anos - comentários serão deletados.